Há algo de suíno no novo nariz McLaren?

Texto: Nuno Fatela
Data: 11 Maio, 2018

A equipa britânica estreou uma nova frente em Espanha, mas a imagem final alcançada tem algo de estranho…

Após a “estreia europeia” em Baku, a Fórmula 1 chega agora aos mais tradicionais traçados do Velho Continente. O GP de Espanha é o primeiro de uma série de provas na região do globo que mais corridas costuma albergar, e a McLaren está a ser uma das protagonistas. Não apenas porque Alonso corre em casa, certamente mais motivado pela vitória para o WEC em Spa-Francorchamps, mas também pela estreia da nova frente do monolugar. Uma alteração estilística que tem algo de controverso…

O design tem como principal destaque as entradas de ar no nariz, com uma abertura maior ao centro e duas canalizações mais pequenas ao lado. A situação é que estes elementos, em conjunto com as duas ligações à asa dianteira, acabam por resultar num estilo que tem algumas semelhanças com o focinho de um porco, em que existe uma parte mais ovalizada na frente e depois as duas orelhas caídas nos lados.

A ideia é continuar a evoluir a aerodinâmica do carro britânico, que nem entrou nada mal no circuito catalão. Nos primeiros treinos livres o nº14 de Fernando Alonso conseguiu o sexto tempo, mas o espanhol acabou por não ir além do 12º posto na segunda sessão (embora Vandoorne tenha sido o 9º). No entanto, apesar da queda na tabela, acabou por ficar à mesma distância do carro mais rápido em cada treino, demorando mais 1,7 segundos que do primeiro classificado.

Fotos: Site de Imprensa da FIA