França nega negociações para fusão da Renault com a Fiat

Texto: João Monteiro de Matos
Data: 2 Setembro, 2019

A agência que gere os investimentos empresariais do Estado francês negou esta sexta-feira, 30 de agosto, que as negociações para uma fusão entre a Renault e o grupo FCA (Fiat Chrysler Automobiles) tenham sido colocadas novamente em cima da mesa.

Estas declarações surgem após várias notícias terem dado conta de que os dois fabricantes automóveis europeus estariam a retomar a operação que fracassou em junho.

À Radio Classique, Martin Vial, administrador na Renault nomeado pelo Estado francês, afincou que “tanto quanto tenho conhecimento, não há novas negociações entre a Fiat e a Renault”.

O Estado francês, que detém uma participação de 15% na marca gaulesa, mostra-se “pouco aberto” em aceitar um negócio sem o apoio da Nissan, membro da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi.

De recordar que umma fusão entre a Renault e a FCA, se acontecer, daria origem ao terceiro maior fabricante automóvel em termos de vendas de veículos, que rondariam as 8,7 milhões de unidades por ano.

Foto: Arquivo