Ford quer apagar o cheiro a carro novo

Texto: Nuno Fatela
Data: 21 Novembro, 2018

Embora para algumas pessoas nada se compare ao aroma de entrar num carro novo, em alguns mercados esse odor é considerado desagradável. Por isso, uma equipa da Ford está a trabalhar para saber como apagar o cheiro a carro novo

Existe um cheiro muito específico que se sente ao entrar numa viatura nova, uma daquelas fragrâncias inconfundíveis e que com o tempo vai desaparecendo. Mas se essa sensação é considerada positiva em alguns mercados, existem países como a China onde ele é considerado desagradável. Para resolver esse problema, existe agora uma equipa da Ford que está a trabalhar para apagar o cheiro a carro novo.

 

Para se perceber a importância que a marca está a colocar nesta questão, foi criada uma equipa de 18 especialistas com um olfacto extremamente sensível, que analisa o aroma de cada material usado no habitáculo da viatura, sabendo assim a origem dos odores que os clientes chineses consideram desagradáveis. Ou seja, estas pessoas estão literalmente a meter o nariz em tudo, para ajudar a marca a saber quais os elementos que devem ser analisados para mudar de cheiro. A origem do designado cheiro a carro novo terá origem em compostos orgânicos voláteis, como plásticos e isolamentos acústicos da viatura, e uma das soluções que terá sido encontrada passa por deixar a viatura ao sol com as janelas abertas e, se necessário, a ventilação ligada.

A ideia será depois usar este método em larga escala quando chegarem os modelos semi-autónomos. Afinal, esses automóveis vão poder fazer este procedimento para apagar o cheiro a carro novo de forma independente, sem a necessidade de alocar funcionários a estas tarefas. Mas, como ainda falta algum tempo até esses modelos ganharem peso no mercado automóvel, um responsável da oval azul afirmou ao Detroit Press que não existem planos para a introdução a curto-prazo deste procedimento na sua produção.

 

Fonte: Road&Track

Partilhar