Ferrari 458 Spider exterminado

Texto: Miguel Policarpo
Data: 25 Março, 2018

Não, não foi nas Filipinas. No Reino Unido, uma ordem do tribunal condenou um Ferrari 458 Spider à destruição… um vídeo triste para qualquer entusiasta do mundo automóvel.

A origem da drástica decisão do tribunal em decidir a obliteração do Ferrari 458 Spider está numa história atribulada. Propriedade de Zahid Khan, um empresário milionário, este exemplar da marca de Maranello tinha sido confiscado pela polícia, de acordo com o The Sun. Em causa estariam as dúvidas em relação à segurança do automóvel, considerando-se não reunir condições para circular em estrada e sendo  classificado com “Categoria B”, com a indicação de que foi submetido a reparação depois de um acidente grave. O mesmo meio refere que a viatura também não apresentava um seguro válido.

Khan apressou-se em apresentar aos tribunais provas de que era o proprietário do Ferrari 458 Spider e que o mesmo tinha sido reparado com peças oficiais da marca. No entanto, o desportivo já tinha seguido viagem para o destino final. Segundo a polícia de Wet Midlands, um grupo de pessoas está acusado de praticar fraudes relacionadas com o roubo e venda de direitos de matrículas “de alto valor”. Alguns direitos foram vendidos por mais de 100 mil libras, cerca de 115 mil euros.

Entre essas pessoas figuram Zahid Khan e o seu irmão, que enfrentam acusações de participação no esquema que envolve a circulação de viaturas roubadas com matrículas falsas. O empresário, depois de ver o vídeo do seu Ferrari 458 Spider a ser destruído, pretende tomar ações contra as autoridades por destruição do seu automóvel à margem da lei.

Seja como for, o resultado o que se vê. Um Ferrari 458 Spider exterminado…

Partilhar