Aston Martin confirma 7 novos modelos

Texto: Francisco Mota
Data: 4 Março, 2018

Conheça ao pormenor a estratégia da Aston Martin para os próximos anos, um ambicioso plano que contempla SUVS e elétricos e que coloca como meta a duplicação do atual volume de vendas.

Um carro novo por ano. É esta a estratégia da Aston Martin para a sua total recuperação e que deverá levar as vendas anuais das atuais 7000 unidades para o dobro. O lema de sete carros em sete anos começou com o DB11 em 2017 (já também com a versão descapotável ‘Volante‘) e vai continuar com os novos Vantage e Vanquish, este ano. Depois segue-se o SUV em 2019, um novo desportivo de motor central (em 2020) para combater o Ferrari 488 e finalmente duas berlinas com a marca Lagonda.

 

Tudo isto até 2023, mas são de esperar ainda versões especiais, à cadência de uma por ano. Um deles será o Rapide elétrico que aparece em 2019 e será feito em 155 unidades, a ser atribuídas a clientes escolhidos. É um programa piloto para a futura electrificação da marca, que arranca em 2023. Para chegar às 14000 unidades anuais, foi preciso comprar uma base aérea desativada no país de Gales onde será instalada a segunda fábrica da marca.

Partilhar