Erro força Hyundai a rever a autonomia do Kauai elétrico

Texto: Nuno Fatela
Data: 5 Dezembro, 2018

Uma falha da parte da entidade independente que fez os testes de homologação para o ciclo WLTP ao Hyundai Kauai elétrico obrigou a marca a rever agora, em baixa, os valores de autonomia deste modelo

A Hyundai anunciou uma alteração nos dados de autonomia para o mercado europeu do Hyundai Kauai elétrico. O motivo para esta revisão é alheio à marca, que indicou que a razão está numa falha por parte da entidade independente que faz os testes de homologação para o novo ciclo de testes WLTP. A marca coreana refere, em press release, que “devido à importância de ter de retificar um dado com estas características para um novo modelo, a Hyundai está a seguir este caso de muito perto para esclarecer os factores que deram origem a esta situação”.

 

Mas a marca revelou também os motivos que a levaram a rever a autonomia do Kauai elétrico. A falha esteve na implementação da fase urbana do ciclo WLTP, que demorou mais do que está inscrito nas regras. A Hyundai explicou que essas condições de condução são mais benéficas para os veículos elétricos, dada a menor velocidade e gasto de energia. E conclui que daí resultou uma sobrevalorização da autonomia do Kauai, que agora foi corrigida.

O que significa, em números, esta revisão à autonomia do Kauai elétrico? Embora as diferenças não sejam expressivas, verifica-se uma ligeira quebra na quilometragem a percorrer entre carregamentos, tanto nas versões de 39kWh como nas de 64kWh. Para a versão de menor capacidade, a autonomia desce dos 312km para os 289km, enquanto a versão com bateria mais poderosa vê as especificações nesta área cairem dos 482km para os 449km.

 

Veja neste link o comunicado na Hyundai a explicar esta situação

Partilhar