Kia EV6 GT Line. Conduzindo o futuro

Texto: Francisco Cruz
Data: 19 de Janeiro, 2022

Marca pertencente a um dos grupos automóveis que mais fortemente tem avançado na Mobilidade Elétrica, a Kia acaba de estrear a sua mais recente e vanguardista proposta elétrica: o EV6 GT Line. Uma espécie de crossover 100% elétrico em que nos sentimos, verdadeiramente, aos comandos do Futuro.

Até aqui com uma oferta própria reduzida a pouco mais do que o e-Niro, versão elétrica de um crossover compacto que nunca conseguiu atingir a consensualidade, acabou sendo, no seio do grupo automóvel a que pertence, o gigante sul-coreano Hyundai-Kia, que a Kia haveria de descobrir o futuro. O qual, no seu caso, até já tem um nome: EV6.

Concebido a partir das mesmas raízes do Hyundai Ioniq 5, outra proposta que veio agitar as águas da Mobilidade Elétrica, são, no entanto, poucas as semelhanças estéticas entre os dois modelos. Os quais, embora umbilicalmente ligados em termos técnicos, apenas parecem concordar, em termos estéticos, na negação do posicionamento anunciado pelo fabricante – tanto um, como outro, pouco ou nada parecem ter de SUV!

Foto: Vasco Estrelado/Turbo

De resto e quase procurando criar, tanto pelas linhas, como pelas dimensões exteriores, uma espécie de posicionamento muito próprio, a observação mais demorada confirma um EV6 marcado pela originalidade, com vários pormenores estilísticos e de equipamento, que não se resumem a uma iluminação LED exterior verdadeiramente invulgar – especialmente, a traseira -, mas estendem-se aos puxadores de portas que “aparecem” assim que nos aproximamos do veículo – não muito fáceis de utilizar, é certo… -, às enormes jantes de 19″ revestidas por umas borrachas Kumho Ecsta, ou, até mesmo, aos pequeninos projectores localizados sob a linha do tejadilho e acima dos ombros do EV6, que servem para iluminar o piso em redor do veículo.

LEIA TAMBÉM
Kia EV6. Não é SUV, mas promete bastante atualização

Tudo, soluções originais que, perfeitamente integradas num automóvel com quase 4,7 metros de comprimento, perto de 1,89 m de largura e 1,55 m de altura, parecem querer anunciar aquilo que, uma vez transpostas as enormes portas, vamos encontrar…

INTERIOR

E a verdade é que, agitadas as expectativas através das linhas exteriores, o Kia EV6 GT Line também não desilude no habitáculo!

Foto: Vasco Estrelado/Turbo

Sentados ao volante do EV6, sensações distintas das sentidas, por exemplo, no “primo-direito” Hyundai Ioniq 5, com o modelo da Kia a acrescentar à excelente qualidade de construção e de materiais, praticamente a rivalizar com os produtos alemães, uma sensação de acolhimento, conforto, mas também originalidade e vanguardismo, que rapidamente nos deixa convencidos – é o volante de design invulgar a que soma uma boa pega e comandos funcionais; é o destacado e prolongado painel a integrar dois ecrãs – instrumentação e sistema de infoentretenimento – de 12,3″ cada, onde surgem exibidas praticamente todas as informações relacionadas com a vivência à bordo (até a meteorologia, com ícones atraentes!); é, ainda, a generosa consola suspensa entre os bancos, onde é possível encontrar, além de um inesperado botão ‘Start’, , o manípulo rotativo da caixa de velocidades e o carregador de smartphone por indução. Além de e logo abaixo, um enorme espaço aberto para colocação dos vários (muitos!) pertences pessoais, como carteiras, chaves e outros que tais, onde também estão algumas das várias entradas USB espalhadas pelo habitáculo – tudo acessível, funcional, intuitivo.!

No entanto e se tivéssemos de eleger algo menos convincente, ou até deslocado, seria, sem dúvida, os (poucos) botões físicos que, por exemplo, fazem parte do ar condicionado, ou até mesmo os botões presentes no volante. Num automóvel a exalar tecnologia por todos os poros, a sua aparência torna-os, no mínimo… deslocados.

Pelo contrário e claramente a apontar ao futuro, surge a habitabilidade, um verdadeiro mundo graças à mais-valia que consegue ser, também neste aspecto, a plataforma e-GMP, plana em toda a sua extensão e a garantir uma distância entre eixos que chega aos 2,90 metros. Permitindo, dessa forma, não somente o transporte de cinco adultos com todo o conforto e espaço – atrás, consegue-se, inclusivamente, trocar a perna! -, como também acomodar, na bagageira, 490 litros de carga. Ou, então, 1.300 litros, já com as costas dos bancos traseiros totalmente deitadas na horizontal e no seguimento do piso, após accionamento das patilhas nas laterais dos assentos ou das trancas nas laterais da mala.

Foto: Vasco Estrelado/Turbo

De resto, funcional e a anunciar um acesso amplo surge o portão traseiro, de accionamento elétrico mas não com ativação com o pé, acrescido de uma chapeleira extensível que, esta, sim, poderia ter um sistema de accionamento mais suave e… vanguardista. Sendo que, por baixo do piso, um alçapão à entrada, não só guarda o kit anti-furos, como também pode acomodar os cabos de carregamento… que têm bolsa própria, na bagageira. Ainda que, não tão necessária quanto mais um ponto de luz, que permitisse garantir uma melhor visibilidade do espaço.

Aliás, essa é uma dificuldade que não se nota na segunda bagageira – isso mesmo, segunda! – que a marca sul-coreana decidiu criar sob o capot dianteiro, no mesmo local onde tradicionalmente surge o motor de combustão. Mas que, neste EV6, foi aproveitando, sim, para instalar um generoso alçapão, fechado com uma tampa que, à primeira vista, mais parece a cobertura de um motor de combustão, mas que, depois e uma vez aberto, desvenda um espaço, iluminado, com mais 52 litros de capacidade!…

MECÂNICA

Nascido no seio da mesma família que deu ao mundo o igualmente revolucionário Hyundai Ioniq 5, o Kia EV6 GT Line apresenta, basicamente, as mesmas soluções de propulsão 100% elétrica com que o “irmão” se deu a conhecer. Das quais faz, de resto, parte, o trem de força que equipava a unidade que tivemos oportunidade de ensaiar, com apenas um motor elétrico, a anunciar 228 cv de potência e a atuar sobre o eixo traseiro, graças também à presença de uma bateria de 77,4 kWh. Que, além de uma autonomia que chega aos 504 quilómetros, segundo a norma WLTP, também permite potências de carga até 800V; algo que, diga-se, poucos modelos já fazem.

Foto: Vasco Estrelado/Turbo

Graças a esta mais-valia, a promessa, desde logo, do carregamento das baterias, ente 10 e 80%, em apenas 18 minutos… desde que, claro está, se consiga encontrar nas imediações uma infraestrutura de carga capaz de garantir cargas na ordem dos 240 kW de potência. Opção que, recorde-se, também aquela que apresenta os carregamento mais caros…

Por outro lado e apesar desta importante vantagem, é preciso ter igualmente presente que, nos elétricos, todas as autonomias dependem muito, quer do tipo de condução, quer do trajecto – viagens em auto-estrada, por exemplo, representam um gasto mais rápido da energia, já que, ao contrário do que acontece no trânsito citadino, praticamente não há momentos de desaceleração ou travagem. Facto que leva a que, nem mesmo com o eficaz sistema de recuperação de energia do V6, engrenado no nível mais forte (existem três, que podem ser seleccionados pelo condutor, através das patilhas por detrás do volante…), se torne possível atingir os prometidos 504 km; quanto muito e com uma condução a aproveitar as capacidades do EV6, rondará os abaixo dos 400 quilómetros.

De resto e numa proposta a permitir não só acelerações dos 0 aos 100 km/h em 7,3s, como também uma velocidade máxima anunciada de 185 km/h, um ensaio que terminou com um consumo de 19,4 kWh/100 km. Valor acima dos oficiais 17,2 kWh/100 km anunciados pela própria Kia, mas também num patamar bastante concorrencial, face à concorrência.

TECNOLOGIA

Aspecto cada vez mais importante nos automóveis, e ainda mais nos elétricos, o Kia EV6 GT Line consegue, também neste domínio, surpreender, desde logo, pelas muitas tecnologias funcionais e úteis que exibe. A começar, por exemplo, no sistema de câmaras exteriores em redor do veículo, com as laterais a oferecerem automaticamente a imagem da lateral do carro no painel de instrumentos 100% digital, assim que abrimos o pisca para mudar de direcção ou ultrapassar. Contribuindo, dessa forma, para evitar quaisquer toques noutros carros ou obstáculos que estejam na via. Sendo que, no momento de estacionar, o sistema de travagem anti-colisão traseira, impede, igualmente, possíveis descuidos ou maus-cálculos.

Foto: Vasco Estrelado/Turbo

Igualmente funcional e cativante é o sistema de head-up display com tecnologia de Realidade Aumentada, o qual, além exibir todas informações necessárias à condução, com perspectiva de profundidade, ainda contribui, no domínio da navegação, com ícones ativos (pequenas setas) , a indicarem o sentido correcto por onde seguir. Tudo isto, com ícones modernos, tal como é possível encontrar no ecrã central.

Finalmente e também como exemplo, a panóplia de sistemas activos de ajuda à condução e à segurança, muitos deles a contribuírem para a oferta de condução autónoma de Nível 2, ao passo que, outros, como o monitor e alerta de ângulo morto ou o assistente de faixa de rodagem com manutenção no centro da mesma, a ajudarem, com um funcionamento fiável, a evitar possíveis surpresas mais desagradáveis..

AO VOLANTE

Senhor de um design exterior que, de certa forma, mais parece remeter para um Grand Tourer, é também dessa forma que o Kia EV6 se exibe em estrada, oferecendo aos ocupantes um elevado conforto e bem-estar.

Foto: Vasco Estrelado/Turbo

Oferecendo ao condutor uma posição de condução que, mesmo com todas as possibilidades de ajuste elétrico, não deixa de se mostrar algo alta, ainda que bem apoiada por um volante também ele com ampla regulação, além de um bom apoio pé de esquerdo – já agora e embora muito confortável, o próprio banco não perderia nada com mais de apoio lateral -, o modelo sul-coreano destaca-se, ainda, pela óptima insonorização, a complementar um pisar muito suave, mesmo quando por pisos mais degradados. Chegando, mesmo, a convencer mais aí, do que, por exemplo, quando por trajectos mais sinuosos e de bom piso, onde, tentados pela possibilidade de seleccionar a opção Sport no Drive Mode – existe, ainda, o Normal, o Eco e o Neve, este último, accionável mantendo a pressão no botão -, constatamos que, mesmo sem nunca perder totalmente a compostura, o EV6 não foi feito para momentos de forte adrenalina ao volante.

Embora sem nunca esconder uma meritória capacidade de aceleração, que lhe garante desenvoltura e capacidade de reacção em praticamente todo o tipo de situações – basta recordar, por exemplo, os 7,3s na aceleração dos 0 aos 100 km/h… -, a verdade é que, até mesmo as quase duas toneladas de peso, acabam por cobrar a respectiva factura, nomeadamente, a partir do momento em que a carroçaria é sujeita a forças laterais. Com os pneus altos e aplicados em rodas de dimensões generosas, a não ajudarem, igualmente, ao resultado final.

Foto: Vasco Estrelado/Turbo

Desta forma e mesmo sem nunca se recusar a enveredar por velocidades mais altas, sobressai a constatação de que, é com andamentos mais relaxados, se torna possível aproveitar todo o conforto e bem-estar a bordo que este Kia EV6 oferece. Desfrutando, igualmente, não somente da competente resposta da direcção, como das capacidades de um sistema de travagem perfeitamente adequado às necessidades.

VEREDICTO

Se dúvidas ainda existissem quanto às óptimas impressões deixadas pelo novo modelo 100% elétrico da Kia, concluímos este texto a afirmar o óbvio: o EV6 GT Line surpreendeu-nos, e muito!

Numa proposta de linhas com o equilíbrio certo entre pormenores vanguardismo e linhas gerais, de certa forma, mais conservadoras, a remeterem para uma espécie de Grand Tourer, acabou convencendo-nos, ainda mais, o óptimo ambiente a bordo, o conforto e habitabilidade que o modelo oferece, e até mesmo a evoluída tecnologia. A qual, diga-se, não se limita a ser funcional e intuitiva, como também garante prestações e, principalmente, autonomias, capazes de nos transmitirem um nível de confiança, que nos faz olhar para o Futuro de forma mais auspiciosa.

Foto: Vasco Estrelado/Turbo

Ou, até mesmo e neste caso em concreto, viajar a bordo dele…

 

Gostámos Gostámos

Conforto/Habitabilidade

Exibindo um habitáculo acolhedor, o EV6 acentua esta mesma característica, não só através de uma excelente habitabilidade, como, também, de um nível superior de conforto.

Tecnologia

Numa proposta que não enjeita o vanguardismo, dispor de um elevado nível de tecnologia, ainda por cima funcional e intuitiva, só pode ser encarado como um argumento fortemente positivo.

Sistema de regeneração

Num elétrico em que a eficiência do sistema de propulsão elétrico já consegue ser argumento, a capacidade de regeneração de energia foi outra mais-valia que nos convenceu.

Não Gostámos Não Gostámos

Posição de condução

Anunciado como um SUV, mas com linhas exteriores a remeterem para segmentos mais… ligeiros, a verdade é que, apenas a posição de condução, demasiado alta, parece querer reafirmar a pretensão da Kia. Ainda que não da forma mais correcta…

Comandos físicos
Numa proposta a reivindicar vanguardismo, e na melhor acepção da palavra, o design de alguns botões físicos, como é o caso dos exibidos no sistema de ar condicionado ou até mesmo no volante, fá-los parecer não pertencerem a esta (nova) realidade.

Preço

Proposta pertencente a uma marca que construiu grande parte do seu sucesso, também em Portugal, baseando-se num preço fortemente competitivo, o EV6 parece ter vindo para acabar com essa relação de proximidade com os consumidores…

 

Kia EV6 GT Line

Preço 51 950
Motor Elétrico, assíncrono
Potência 228 cv (168 kW)
Binário 350 Nm
Transmissão Traseira, Auto., 1 vel.
Bateria 77,4 kWh

Peso 1985 kg
Comp./Larg./Alt. 4,69/1,89/1,55 m
Dist. entre eixos 2,90 m
Mala 490 – 1300
l
Mala (à frente) 52 l
Desempenho 7,3s 0-100 km/h; 185 km/h Vel. Máx.
Autonomia WLTP 504 km
Tempo de carga 7h30m (11 kW,0-100% da bateria); 18 minutos (240 kW, 10-80%)

Consumo 17,2 (19,4*) kWh/100 km
Emissões CO2 0 g/Km

* Medições Turbo

Equipamento
Série: ABS, Assistência à Travagem (BAS), Assistente de Ângulo Morto (BCA), Monitorização de Ângulo Morto (BVM), Controlo Electrónico de Estabilidade (ESC), Alerta de Paragem de Emergência (ESS), Assistente de Impedimento de Colisão Dianteira (FCA), Assistência ao Arranque em Subidas (HAC), Assistência à Condução em Auto-estrada (HDA/HDA II), Assistência Inteligente à Manutenção da Velocidade (ISLA), Assistente de Acompanhamento da Faixa (LFA), Manutenção na Faixa de Rodagem (LKA), Travagem Anti-Colisão (MCB), Assistente Anti-Colisão Traseira (PCA), Assistente Remoto ao Estacionamento (RSPA), Sensor de chuva, Monitorização da Pressão dos Pneus (TPMS), ar condicionado automático/ventilação traseira, bancos dianteiros com regulação eléctrica e sistema de relaxamento, banco do condutor com memória e regulação lombar elétrica (também o do passageiro), Bancos em Alcantara e couro vegan, Bluetooth mãos livres com reconhecimento de voz, câmara de auxílio ao estacionamento com orientação dinâmica, câmara de visão 360º, carregador wireless para smartphone, navegação com recurso ao Cruise Control Inteligente, Head-Up Display (TFT-LCD), porta-bagagens inteligente, sistema de chave Inteligente e botão start, sistema de Infotaiment com ecrã curvo duplo (12,3″ + 12,3″), espelho retrovisor eletrocromático, Mood Lamp, travão de estacionamento elétrico (EPB), espelhos retrovisores elétricos em preto aquecidos e retráteis, jantes de liga leve 19″, faróis DUAL LED dianteiros com sistema inteligente de iluminação, piscas sequenciais e vidros traseiros escurecidos.