Publicidade

Truques para evitar o enjoo em viagem

Texto: Redação
Data: 7 de Abril, 2017

A Ford tem vindo a estudar o assunto e chegou à conclusão de que uma voa visibilidade para o exterior pode ajudar, mas há mais formas de evitar o tão temido enjoo a bordo, capaz de dar cabo de uma viagem em família, principalmente quando transportamos crianças, mais propensas a este sintoma.

Bocejar e transpirar são sinais de alerta desta situação e ocorrem quando o cérebro recebe informações desconexas da visão e do órgão responsável pelo equilíbrio, localizado no ouvido.

No novo estudo realizado pela Ford, com a ajuda de especialistas sobre enjoo em movimento, verificou-se que os passageiros durante uma viagem curta e que olhavam pela janela, em média sentiram-se doentes após 10 minutos.

“O enjoo é um problema complexo. É uma reação natural a um estímulo não natural que não pode ser curado como tal. Mas podemos tentar aliviar os sintomas,” afirma o Prof. Dr. Jelte Bos, de TNO, Sistemas Perceptivos e Cognitivos, em Soesterberg, Holanda. É também ele que aponta os truques para evitar o enjoo.

Ora veja:

1 – Nos lugares traseiros sentar no banco do meio, para visualizar a estrada, ou preferencialmente viajar nos bancos da frente.

2 – Condução mais suave e sempre que possível evitar travagens bruscas, acelerações fortes e buracos no pavimento.

3 – Distrair os passageiros – cantar uma canção em família pode ajudar.

4 – Tomar uma bebida fresca, comer biscoitos de gengibre, mas evitar café.

5- Usar uma almofada ou um suporte de pescoço para manter a cabeça o mais imóvel possível.

6 – Ligar o ar condicionado para que circule ar fresco.

O problema é mais frequente nos passageiros, especialmente nas crianças e adolescentes, e é agravado quando se viaja nos bancos traseiros, se joga videojogos ou se assiste a filmes.

Curiosamente, os bebés não enjoam no carro, estes sintomas só ocorrem quando começamos a andar. Os animais de estimação também são afetados.

Nos testes iniciais verificou-se no caso de janelas mais elevadas e que permitiam um campo de visão mais alargado, de ambos os lados da estrada, os voluntários tiveram menor propensão a enjoar. Os próximos testes irão explorar formas alternativas de permitir uma maior visão.