Publicidade

Descubra o painel de instrumentos do Ford GT

Texto: Nuno Fatela
Data: 13 de Janeiro, 2017

Totalmente digital e desenvolvido para reduzir as distrações, o painel de instrumentos do Ford GT é mais uma forma de elevar as batidas cardíacas a bordo do desportivo americano.

A Ford divulgou o vídeo do Painel de Instrumentos do Ford GT, uma forma de apresentação das informações totalmente digitalizada ao estilo dos carros de competição que aumenta o apelo estético do habitáculo deste desportivo. Com dimensões de 10’’, este cockpit criado com apoio da Pektron (para desenho eletrónico, desenvolvimento e fabrico) e da Conjure (que ajudou no design gráfico) foi pensado para que o condutor se foque unicamente na estrada e esteja menos propenso a distrair-se enquanto está ao volante.

 

Garantindo que os automobilistas têm sempre as informações mais relevantes à disposição num formato de fácil leitura, a Ford explica ainda que o look deste painel de instrumentos se vai alterando consoante a escolha dos modos de condução, priorizando para cada um deles diversas informações. Para optar entre as várias modalidades de condução, bastará utilizar os comandos colocados no volante.

No Modo Normal a informação é direta e simples, com o velocímetro ao centro e o tacómetro em forma de taco de hóquei da esquerda para a direita, algo similar ao Modo “Wet” (para superfícies molhadas), mas em que o grafismo passa a azul para recordar qual que as configurações foram adaptadas para conduzir sobre pisos com água. O Sport, que foi considerado o preferido da maioria de pilotos de testes do GT, coloca ao centro a indicação das mudanças e tem uma tonalidade laranja a afirmar a sua natureza mais agressiva. Algo levado ao extremo com a combinação entre vermelho e preto do “Track”, uma combinação cromática que pretende também facilitar a leitura das informações, dando também primazia às rotações do motor e às mudanças e oferecendo dados diversos como a temperatura e pressão do óleo e temperatura do motor. Além disso, o nível do combustível passa a surgir em percentagem e não em autonomia total. Para finalizar, o modo V-Max, focado na procura das máximas velocidades do Ford GT, volta a colocar o velocímetro ao centro e reduz ao mínimo os gráficos do tacómetro.

E se gostou do vídeo de apresentação deste cockpit digital, as boas notícias não se ficam por aqui, pois a marca americana anunciou que pretende futuramente disponibilizar este painel de instrumentos com 10’’ em outros modelos da sua gama…