Motor

Publicidade

Consumer Reports. Conheça os automóveis com mais problemas de motor

Texto: Carlos Moura
Data: 6 de Junho, 2020

A Consumer Reports apresentou a lista dos dez modelos que apresentam maior probabilidade de oferecer problemas de motor. Listagem da qual, elogie-se, fazem parte apenas duas marcas europeias e uma japonesa, com o grosso do pelotão a ser composto apenas por marcas norte-americanas.

Com base em dados recolhidos ao longo dos anos no mercado norte-americano, o Consumer Reports publicou uma lista de veículos que podem vir a ter problemas de motor. Curiosamente, nesta listagem aparecem apenas duas marcas europeias e uma japonesa.

Apesar de nenhum carro durar para sempre e de todos os automóveis poderem vir a registar problemas ao longo da sua vida útil, alguns modelos são sucetíveis de darem maiores ‘dores de cabeça’ aos proprietários do que outros.

LEIA TAMBÉM
Saiba quais são os carros que têm menos problemas

Os problemas de motor são os que provocam maiores pesadelos devido à sua inconveniência, despesa e tempo de reparação.

O estudo da organização norte-americana dos direitos do consumidor identificou mais de uma dezena de modelos antigos com problemas tão graves que exigem a própria reconstrução do motor.

A avaria no motor pode ter várias causas. Alguns necessitam de ser reparados devido à baixa compressão originada pelo desgaste dos anéis dos pistões, resultando em falta de potência, falha de ignição ou consumo excessivo de óleo. Outros motores sofrem de problemas na cambota ou na biela.

A dificuldade da reparação e a duração da mesma levam as oficinas a substituir o motor original por um outro que tenha sido reconstruído.

Audi A4 2.0 lidera lista

Audi A4 2.0 de 2010

Será de referir que os veículos indicados na lista do Consumer Reports são de modelos e anos específicos, assim como as motorizações.

No topo da lista de automóveis com mais problemas de motor surge o Audi A4 de 2009-2010, equipado com o bloco a gasolina de 2,0 litros. Os problemas surgem normalmente entre os 173 mil quilómetros e os 246 mil quilómetros.

Nesta lista segue-se o Ford F-350 de 2008 (não comercializado na Europa) equipado com um bloco diesel de 6,4 litros. Os problemas de motor ocorrem geralmente entre os 105 mil quilómetros e os 192 mil quilómetros.

Já à venda na Europa esteve o Chrysler PT Cruiser de 2001, cujo motor a gasolina de 2,4 litros pode falhar entre os 165 mil quilómetros e os 214 mil quilómetros.

Chrysler PT Cruiser 2.4

No quarto lugar desta lista aparece o Mini Cooper / Clubman de 2008-2009, com motor a gasolina. Os problemas surgem normalmente entre os 196 mil quilómetros e os 208 mil quilómetros.

Segue-se nesta lista um SUV de dimensões médias, comercializado como Chevrolet Equinox e GMC Terrain. Este concorrente do Honda CR-V ou do Toyota RAV4 pode apresentar problemas de motor entre os 136 mil quilómetros e os 175 mil quilómetros.

Jeep Wrangler 2.4 de 2006

O modelo seguinte é comercializado na Europa. Trata-se do Jeep Wrangler de 2006, cujo motor a gasolina de 2,4 litros, pode dar problemas por volta dos 242 mil quilómetros. Mais recente é o Cadillac SRX, de 2010, cujo motor pode avariar cerca dos 209 mil quilómetros.

Outro SUV surge na listagem da Consumer Reports: o Acura MDX de 2003. Os problemas de motor surgem tipicamente aos 305 mil quilómetros.

O Buick Lucerne de 2008 e o GMC Acadia de 2010 completam o estudo desta organização norte-americana de defesa do consumidor relativo aos dez modelos de automóveis que tipicamente apresentam mais problemas de motor.