Publicidade

China multa cópias da BMW

Texto: Nuno Fatela
Data: 20 de Dezembro, 2016

Um tribunal de Shangai ordenou duas empresas a indemnizar o fabricante bávaro em 415000€.

Em mais uma prova da crescente supervisão do mercado chinês na procura de cópias de marcas estrangeiras, tentando reverter a imagem de que este é o “país das cópias”, desde produtos de moda e eletrónica a automóveis e outros sectores, duas empresas locais foram multadas por se aproveitarem da imagem da BMW. A primeira acusada foi a Deguo Baoma Group, juntamente com o seu proprietário Zou Leqin, já que o nome da companhia, traduzido para inglês, significa algo como German BMW Group Holdings Limited, uma designação registada em 2008 em Shangai. Além disso, foi também registado um logo similar ao do fabricante alemão. A segunda empresa multada foi a marca de moda Chuangjia, que utilizou em diversos produtos um logo que se foi tornando cada vez mais parecido com o emblema da hélice da BMW. Os tribunais de Shangai decidiram agora que as duas empresas são culpadas e aplicou-lhes multas que, em conjunto, ascendem a 415000€, considerando que as companhias utilizaram a imagem da BMW de forma a obter proveito da reputação da marca para os seus próprios negócios.