Publicidade

Mais rápido de sempre! Chevrolet Corvette híbrido vem com tração integral

Texto: Carlos Moura
Data: 17 de Janeiro, 2023

O primeiro Chevrolet Corvette híbrido já foi confirmado oficialmente, sendo que o seu motor V8 de 6,2 litros foi associado a um motor elétrico dianteiro para criar o primeiro modelo desta gama com tração integral e com a aceleração mais rápida de sempre.

Denominado Corvette E-Ray, o primeiro supercarro híbrido da Chevrolet foi apresentado 70 anos depois do Corvette original ter sido estreado na exposição Motorama em Nova Iorque.

Segundo reivindica a marca norte-americana, o novo modelo foi concebido para que “os proprietários do Corvette possam ir a qualquer lado, independentemente do motivo”, sublinhando que a melhoria da tração graças ao eixo dianteiro motriz e à opção do tecto removível. 

Chevrolet Corvette E-Ray

O novo Corvette é o primeiro desportivo a combinar um motor aspirado V8 com um motor elétrico e neste campo a concorrência não abunda, com exceção do Ferrari 296 GTB e o McLaren Artura, que utilizam motores V6 biturbo eletrificados, e o Ferrari SF90, cujo V8 também tem apoio elétrico.

No caso do Corvette é utilizado o mesmo bloco de 6,2 litros do Corvette Stingray, que também foi revolucionário à sua medida ao mudar a sua localização da frente para o meio do veículo.

Corvette mais rápido de sempre

Os 502 cv de potência são transmitidos ao eixo traseiro através de uma caixa automática de oito velocidades, ao que se juntam 162 cv do motor elétrico localizado na frente. Isto traduz-se numa potência combinada de 664 cv, tornando-se assim o Corvette mais rápido de sempre de produção.

A Chevrolet reivindica uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em apenas 2,5 segundos e diz que pode percorrer um quarto de milha em pouco mais de 10,5 segundos.

LEIA TAMBÉM
Agendado para 26 outubro. Chevrolet antecipa estética do novo Corvette Z06

A combinação do motor de combustão e do elétrico também permite disponibilizar um sistema de tração integral, o que, segundo a Chevrolet, “está a aprender constantemente o piso da estrada” e a ajustar a distribuição de potência pelas quatro rodas de acordo com a ação do condutor e as condições da estrada. O motor elétrico contribui com mais potência em ambientes mais escorregados ou cenários de condução mais radicais.

A energia para alimentar o motor elétrico é armazenada numa bateria de iões de lítio com 1,9 kWh que é carregada através de energia regenerativa.   

Chevrolet Corvette E-Ray coupé