Chegou a hora: eis o novo Audi Q8

Texto: Miguel Policarpo
Data: 5 Junho, 2018

O tão aguardado Audi Q8 foi hoje apresentado, um modelo opulente que combina “a elegância de um coupé de quatro portas com a versatilidade de um SUV grande”. Quis a marca demarcar ainda o caráter desportivo nesta proposta que aspira tornar-se ajustada a diferentes parâmetros. O Audi Q8 chega ao mercado europeu a partir do terceiro trimestre do ano.

Segundo define a própria marca, o Audi Q8 é elegante, desportivo e versátil. Tratando-se de um SUV, o espaço do habitáculo é outro dos pontos-chave que a Audi destaca neste modelo que foi hoje apresentado em Shenzhen, na China. O lançamento para o mercado Europeu está agendado para o terceiro trimestre do ano, sendo que o SUV chegará munido de argumentos que a marca de Ingolstadt considera suficientes para superar a concorrência. Um dos enfoques, por exemplo, incide sobre o sistema de tração quattro a que acresce o opcional de as rodas traseiras poderem virar até cinco graus tal como o sistema elétrico de 48V previsto na sistema de propulsão mild hybrid (MHEV). A tecnologia foi, naturalmente, um parâmetro em que a Audi investiu sem reservas.

Um Audi distinto e elegante

A estética elegante e o caráter desportivo foram minuciosamente delineados na conceção do Audi Q8. Sendo um SUV topo de gama, importa referir as dimensões: são elas 4.99m de comprimento, 2.00m de largura e 1.71m de altura, sendo que a distância ao solo pode ser de 254mm, útil para percursos fora de estrada. Já a distância entre eixos totaliza quase 3.00, antecipando um habitáculo espaçoso – mas já vamos ao habitáculo.

Demarca-se de imediato a grelha singleframe com o desenho octagonal, antevista nos esboços anteriormente revelados. As entradas de ar na secção inferior do pára-choques são de amplas dimensões e as óticas em LED Matrix de alta definição e de design sofisticado contribuem para assinalar a presença do SUV. Segue-se o longo capot esculturalmente desenhado cujas linhas fluem na perfeição para o tejadilho descendente digno de um coupé, cuja inclinação dos pilares D é proeminente.

Uma barra em LED, adjacente aos faróis, atravessa toda a largura da retaguarda, contribuindo para delimitar o SUV e surge paralelamente ao spoiler no tejadilho.O difusor traseiro e as ponteiras de escape são outros elementos que ajudam a distinguir o Audi Q8, que, de referir, é proposto com jantes até às 22”.

Espaço para toda a família

Sublinha a Audi que o novo SUV oferece um “espaçoso interior que supera todos os seus concorrentes diretos nas dimensões mais relevantes”, incluindo-se o comprimento e o espaço para as pernas. Os três assentos traseiros são ajustáveis longitudinalmente e, se rebatidos, permite o aumento do espaço da bagageira até aos 1.755 litros.

Já a zona do tablier é dominada por uma aparência futurista e pela qualidade de materiais. São três os ecrãs digitais, divididos pelas diferentes funções: um reservado ao condutor, com o Audi Virtual Cockpit de 12.3” e o ecrã de infoentretenimento MMI Touch, que ocupa a posição central e tem 10.1”. O terceiro ecrã, de 8.6”, é reservado aos controlos de climatização. Neste último parâmetro, destaque para a extensa saída de ar condicionado que percorre o tablier.

Dinâmica de condução

A dinâmica de condução fica a cargo do incontornável sistema de tração integral quattro com um diferencial central mecânico capaz de transferir a potência entre os dois eixos na proporção de 40:60. Esse rácio pode ser alterado, permitindo que mais potência seja transmitida ao eixo com maior tração.

A condução é aprimorada ainda pelo sistema de controlo de amortecedores equipado de série. Como opcional, o Audi Q8 poderá incorporar a suspensão a ar com controlo de amortecedores e que prevê as configurações de conforto e desportiva. Este sistema de suspensão é ajustável, podendo a altura ao solo variar em até 90mm. Sublinha a Audi que o SUV integra um sistema de quatro rodas direcionais, significando que as rodas traseiras podem virar num ângulo de até 5 graus.

Sistema mild hybrid e motores

O sistema mild hybrid (MHEV) é um dos destaques do novo Audi Q8. Com recurso a uma bateria de iões de lítio e de um gerador de correia (BAS) associado a um sistema elétrico de 48V, o MHEV enfatiza o eficiência do SUV. Por exemplo em travagens, o Audi Q8 consegue armazenar até 12 kW de energia e transferi-los para a bateria e o sistema start-stop desliga o motor até velocidades inferiores a 22 km/h. As valências deste sistema abrangem ainda funções como a coasting – seguir à vela – signifiando que a certas velocidades o motor pode desligar-se.

À data de lançamento, o Audi Q8 estará disponível com a versão 50 TDI (na nomenclatura anterior equivale à 3.0 TDI) de 386cv e 600 Nm de binário. No próximo ano, chegará um bloco diesel com 231cv de potência, a versão 45 TDI, e o V6 a gasolina 55 TFSI, capaz de debitar 340cv.

Soluções tecnológicas

Desde a rede Wi-Fi ao sistema de navegação inteligente que reconhece as preferências dos condutores baseando-se nos percursos feitos anteriormente, o Audi Q8 vem recheado de soluções tecnológicas. Sâo outros exemplos a câmara de 360 graus com alerta da existência de lancil, o sistema de alerta de mudança de faixa, o assistente de eficiência e o cruise control adaptativo, entre outros. As soluções serão oferecidas em quatro pacotes distintos.

Como referido, o novo Audi Q8 chega ao mercado europeu no terceiro trimestre do ano, portanto, a partir de julho. Os preços ainda não são conhecidos.

Partilhar