C5 Aircross arranca ofensiva híbrida da Citroën

Texto: Nuno Fatela
Data: 13 Setembro, 2018

O concept eletrificado do SUV de maiores dimensões da marca vem mostrar as ambições do ‘Double Chévron’ no campo das motorizações alternativas. Depois de surgir como protótipo no Salão de Paris, o Citroën C5 Aircross híbrido chega ao mercado, na versão final de produção, em 2020

Celebrando dois anos repletos de atividade, marcados por importantes lançamentos como os novos C3 e C4 Cactus e a aposta nos SUV com os C3 Aircross e C5 Aircross, a Citroën vai festejar em casa o sucesso alcançado recentemente. E faz isso já com os olhos no futuro, antevendo o primeiro modelo da gama de modelos eletrificados que pretende ter totalmente implementada em 2025. A capital gaulesa será o palco para a estreia do concept Citroën C5 Aircross híbrido, que promete ser a estrela de um espaço onde também será honrado o passado. Afinal, é já em 2019 que a marca celebra o seu centenário, e durante este ano sopra as 70 velas do bolo de aniversário de um dos seus modelos mais emblemáticos, o incrível 2CV.

O novo Citroën C5 Aircross híbrido, com versão final de produção prevista para 2020, surgirá no evento com uma pintura bi-tom específica, a que se juntam alguns dos elementos icónicos dos modelos mais recentes da marca, como os Airbumps. Na imagem foram ainda destacadas as jantes de 19” Antracite, as barras de tejadilho e o logo ‘Hybrid’ colocado na traseira. Já na mecânica, é prometida uma combinação entre o gasolina Puretech de 180cv e um motor elétrico de 80kW. A potência combinada será de 225cv, com a vetorização de binário a gerir a forma como a força é canalizada pela caixa automática de oito velocidades e-EAT. São ainda anunciados 50km de autonomia sem emissões poluentes para o Citroën C5 Aircross híbrido, momento em que se pode extrair todo o potencial da forma silenciosa, suave e confortável como o motor elétrico faz mover o SUV.

Partilhar