Bosch vai contratar mais 500 trabalhadores em Portugal

Texto: Filipe Bragança
Data: 21 Março, 2019

A multinacional alemã prepara-se para investir 52 milhões de euros em projectos na área da mobilidade, seguros e indústria conectada.

A fábrica da Bosch em Portugal, no concelho de Ovar, deverá celebrar já na próxima segunda-feira uma parceria com as universidades do Porto e do Minho. Segundo o Jornal de Negócios, este contrato deverá traduzir-se na criação de 500 postos de trabalho, num prazo de três anos. Carlos Ribas, responsável pela Bosch Portugal em entrevista ao Jornal de Negócios, afirmou: “em causa nestas parcerias está um investimento de 52 milhões de euros, nos próximos três anos, envolvendo um total de 300 pessoas, com o compromisso de contratarmos cerca de 200 pessoas para a nossa área de Inovação e Desenvolvimento (I&D)”.

Esta parceria entre a gigante alemã e estas universidades foca-se no desenvolvimento de soluções na área da mobilidade, cidades inteligentes,  seguros e indústria conectada. Além destes dois investimentos em inovação, aprovados pelo programa Portugal 2020, a Bosch entregou a candidatura de mais dois projectos de Pesquisa e Desenvolvimento para a unidade de Braga. “No total, os quatro projectos deverão representar um investimento na ordem dos 110 milhões de euros”, acrescentou o responsável da marca alemã, em Portugal.

 

Do investimento de 58 milhões de euros, a Universidade do Minho deverá ficar com um projeto responsável por 35 milhões de euros.  Este capital será utilizado no desenvolvimento de tecnologias para criar o ‘Sensible Car’- um veículo capaz de detectar o ambiente circundante e tomar decisões com base em inteligência artificial e sensores. A Universidade do Porto deve ser alvo de investigações que recebem os restantes 17 milhões, que serão investidos no projecto ‘Safe Cities’. A ideia neste caso é desenvolver um ecossistema ‘Internet of Things’ (IoT) para cidades seguras.

A Bosch emprega em Portugal cerca de 5.800 pessoas, e espera reforçar, este ano, o seu complexo de Braga com “Com 300 novas contratações, das quais uns 70/80 engenheiros e ligados à I&D”, diz Carlos Ribas ao “Negócios”.

Veja também:

Bosch Portugal cresceu 37% em 2017
Bosch já testa Diesel renovável
Inovação Bosch poupa 12.500€/ano aos camiões
As marcas mais reputadas do mundo em 2019

 

Fonte: Jornal de Negócios; Jornal Expresso