BMW desenvolve carros do futuro em Portugal

Texto: Nuno Fatela
Data: 13 Março, 2019

Foi hoje inaugurada a nova casa da Critical Techworks em Lisboa, a joint-venture que está a ajudar a desenvolver as tecnologias que no futuro serão usadas pela BMW

Depois do memorando assinado há um ano entre a BMW e a portuguesa Critical Software, em outubro de 2018 nasceu a joint-venture Critical Techworks, que transforma o nosso país num dos pólos tecnológicos de referência do fabricante bávaro. Juntando-se a um restrito grupo de elite onde se incluem também instalações em Munique, na África do Sul, Ásia e América do Norte, a Critical Software inaugurou hoje o seu novo Quartel-General em Lisboa (junto da estação de Entrecampos). E deu a conhecer os vários projetos onde está envolvida, e que permitem dizer que a BMW está a desenvolver (também) em Portugal os seus carros do futuro.

 

Contando já com engenheiros, e planeando contratar mais 250 funcionários este ano, a Critical Software está envolvida na criação dos softwares que serão utilizados tanto nos modelos de produção como nas fábricas e restantes atividades do Grupo BMW. Dois dos responsáveis da marca que estiveram em Portugal para esta inauguração, Christoph Grote, vice-presidente sénior do BMW Group Electronics, e Klaus Straub, vice-presidente sénior do BMW Group Information Management, destacaram a existência de muito talento em Portugal, e ainda a forma ímpar como as culturas do fabricante automóvel e a empresa de software se interligaram.

Depois da inauguração das instalações, foi o momento de visitar as instalações da Critical Techworks em Lisboa. E dessa forma comprovar a importância que esta joint-venture assume para a marca. Porque há muitos e distintos projetos em desenvolvimento, todos eles associados aos automóveis do futuro. Saiba quais são os projetos da Critical Techworks:

BMW Intelligent Assistant – Também em Portugal está a ser desenvolvido o ‘Hey BMW‘ criado para maior interação entre condutor e carro. Tanto a bordo como quando ele sai da viatura. Um dos focos está na inteligência artificial, essencial para o progressivo conhecimento do condutor por parte do automóvel

Condução Autónoma – A utilização dos mapas HD, muito mais precisos, é um dos passos essenciais à condução autónoma. E a Critical Techworks está a ajudar nesta tecnologia que recorre ao armazenamento na Cloud.

Infotainment – A disponibilização de informações para o condutor (relativas ao estado do tempo e a notícias) estão a ser desenvolvidas num dos projetos deste “laboratório digital” situado em Entrecampos

Sistem Integration and Testing – O funcionamento sem erros dos programas do infotainment é também avaliada na Critical Software.

UX Design: É a parte onde se desenha a imagem digital dos produtos. Segue seis exigências chave: Acessível, Utilizável, Desejável, Fácil de Encontrar, Credível e Útil.

Maestro: É um programa destinado a agilizar a entrada em produção dos novos modelos, ajudando a preparar as fábricas para esses projetos

ATS – Este projeto pretende ajudar na ligação homem-máquina nas linhas para o fabrico de novos automóveis. Para tal, recorre a veículos autónomos que procuram entregar as peças aos funcionários no momento certo em que elas serão necessárias

Sistema Único de Vendas da BMW: Serve para concentrar as informações sobre os automóveis que são comprados à BMW em todo o mundo

Scope:  Procura facilitar a interação no “trio” composto pelo cliente, o concessionário e os sites de configuração da BMW. Por exemplo, evita ter de repetir passos da configuração dos automóveis. Também inova na apresentação das informações, agrupando as “folhas” de 3000 templates antigamente usados em apenas 12 templates.

 

 

Partilhar