Piloto português Bernardo Sousa suspenso dois anos por consumo de drogas

Texto: João Monteiro de Matos
Data: 19 Outubro, 2019

Bernardo Sousa, piloto português de 32 anos, foi punido pela Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting após um controlo antidoping ter dado por positivo ao consumo de estupefacientes, neste caso, cocaína.

O piloto foi suspenso por dois anos. 

Segundo o ‘Jornal de Notícias’, o ex-campeão nacional de ralis foi suspenso por dois anos de qualquer competição, após o teste antidoping, realizado no início de junho deste ano, durante o Campeonato Açores de Ralis, ter dado positivo quanto ao consumo daquele tipo de droga.

Bernardo referiu a nove de julho deste ano, nas plataformas sociais, que usou uma substância médica por “dificuldades respiratórias”. “Reconheço, agora, que o terei feito, inadvertidamente, em doses supraterapêuticas, que redundaram num controlo positivo”.

Mais tarde, o ex-namorado da atriz Dália Madruga revelou que chegou a consumir cocaína “numa festa na Costa de Caparica no dia 25 de maio”.

Depois da decisão do Conselho de Disciplina da Federação, o piloto madeirense reconsiderou as suas primeiras declarações e admitiu que estava a passar por “um momento difícil”.

“Mas é com toda a serenidade e respeito que aceito esta decisão! Nada me fará desistir de um dia voltar. É hora de refletir e redefinir novos objetivos para um futuro que parece ter novas portas para mim, e continuar focado no trabalho que estou neste momento a fazer. Obrigado a todos aqueles que me ajudaram”, rematou.