Publicidade

Autocarros elétricos articulados da MAN nas ruas de Barcelona e Colónia

Texto: Carlos Moura
Data: 20 de Maio, 2020

Os primeiros autocarros elétricos de 18 metros da MAN vão começar a ser testados nas cidades de Barcelona e Colónia ainda este ano.

Após o início das vendas do autocarro elétrico articulado da MAN no passado mês de abril, a marca decidiu disponibilizar uma frota de 15 veículos Lion´s City 18 E para serem testados por clientes de cinco países europeus nas suas operações diárias. Barcelona e Colónia são as primeiras cidades a receberem o novo modelo da MAN.

Com um comprimento exterior de 18 metros, a versão articulada do autocarro elétrico urbano da MAN permite transportar até 120 passageiros para os seus destinos de forma segura, confortável e com emissões zero.

O MAN Lion´s City E 18 está equipado com dois motores centrais elétricos no segundo e terceiro eixos que proporcionam a potência necessária ao autocarro para a operação urbana. A MAN entende que esta solução oferece uma melhor acessibilidade e um design mais simples, o que não sucede com a localização tradicional dos motores elétricos junto aos cubos das rodas. Os dois eixos motrizes são sincronizados eletronicamente e também ajudam a melhorar o manuseamento do autocarro articulado à medida que aumentam a estabilidade de condução e, por sua vez, o nível de segurança.

LEIA TAMBÉM
MAN começa a entregar camiões elétricos

Além disso, o autocarro articulado conta com um sistema de controlo anti-tesoura e um sistema de controlo do ângulo morto, que melhoram ainda mais a estabilidade de condução. Assim, é possível evitar antecipadamente situações críticas uma vez que o binário de acionamento pode ser distribuído seletivamente pelos dois eixos motrizes, de acordo com a situação específica em causa. Por outro lado, os dois eixos motrizes aumentam a energia máxima recuperada em travagem.

Autonomia até 270 km

A cadeia de tração do MAN Lion´s City 18 E é constituída por motores elétricos que desenvolvem uma potência entre 320 kW e 480 kW, alimentados por baterias modulares de iões de lítio com uma capacidade instalada de 640 kWh.

O autocarro possui um total de oito baterias modulares, localizadas no tejadilho, com vantagens em termos de acesso para manutenção. As baterias são carregadas na central de recolha através de uma ficha do Sistema de Carregamento Combinado (CCS). Com uma potência média de carga de 100 kW e uma potência máxima de até 150 kW, o autocarro articulado pode ser totalmente carregado em menos de quatro horas.

A utilização de um sistema de tração elétrico também permitiu otimizar o interior do autocarro, pois dispensa o tradicional túnel do motor. Como consequência, os designers conseguiram criar uma iluminação mais agradável e mais quatro bancos na retaguarda.

Roteiro da eletromobilidade

MAN Lion's City 12 E
MAN Lion’s City 12 E

Os primeiros dois autocarros elétricos de 12 metros da MAN foram entregues em dezembro de 2019 aos operadores de transportes públicos de Hamburgo – Hamburger Hochbahn e Verkehrsbetriebe Hamburg-Holstein – para utilização diária naquela cidade portuária do norte da Alemanha.

A MAN Truck & Bus prevê ceder mais 13 veículos de demonstração este ano que se destinam a serem utilizados ao abrigo do roteiro da eletromobilidade. Ao longo de 2020, a frota de 15 autocarros elétricos de demonstração, será testada por clientes de cinco países europeus (Alemanha, Espanha, Luxemburgo, Bélgica e França).

No âmbito deste programa de ensaios, a MAN entregará igualmente o autocarro elétrico de 18 metros aos operadores de transportes Kölner Verkehrs-Betriebe AG (KVB) em Colónia e Transport Metropolitans de Barcelona (TMB) em Espanha, para a realização de testes em condições normais de operação.

Os primeiros autocarros MAN Lion’s City E de 12 metros, produzidos em série, deverão ser entregues aos clientes no quarto trimestre de 2020. A versão articulada do MAN Lion’s City E deverá entrar em produção no primeiro semestre de 2021.