Audi renova o desportivo R8

Texto: Nuno Fatela
Data: 25 Outubro, 2018

Não se deve mexer muito naquilo que é bom para não se estragar. A marca dos quatro anéis sabe essa máxima e aplicou-a na perfeição. Afinal, bastou um pequeno aumento de potência no motor e ligeiros cambios mecânicos e estéticos para tornar ainda mais atraente o Audi R8 renovado

A geração lançada em 2015 do Audi R8 (com o Spyder a chegar no ano seguinte) acaba de ser renovada pela marca. As principais alterações estão no motor, com o V10 atmosférico de 5,2 litros a receber um pequeno aumento de potência tanto na versão “base” como no mais poderoso Performance (substitui a designação Plus) e também um filtro de partículas. Ou seja, ganha tanto nas capacidades dinâmicas como na componente ambiental. A isto, o Audi R8 renovado junta ainda pequenas alterações na estética.

O V10 passa agora a debitar mais 30cv na versão mais “calma”, com os já estupendos 570cv, enquanto o Performance ganha 10cv e alcança agora os 620cv. A consequência são também ligeiros aumentos nas performances do Audi R8 renovado, com ganhos de um décimo na aceleração 0-100km/h e de 2km/h na velocidade de ponta. O coupé passa a cumprir este sprint em 3,4 segundos, enquanto a velocidade escala até aos 324km/h. Já o descapotável leva mais dois décimos no sprint, enquanto os cabelos só vão esvoaçar até aos 320km/h. No caso do R8 Performance, os números são de 3,2 segundos e 331km/h para a aceleração e velocidade máxima, respetivamente.

O comportamento em curva e a estabilidade foram também melhorados, através de alterações na suspensão. Além de ter mais precisão ao curvar, algo para que contribuem ainda as novas afinações da suspensão, o Audi R8 renovado também passa a ser capaz de se deter com mais eficácia, fruto das alterações no sistema de travagem e controlo de estabilidade.  De referir ainda os itens da lista de opcionais para elevar ainda mais as capacidades deste bólide, onde se incluem a barra estabilizadora em fibra de carbono para a frente, poupando 2kg no peso, e os discos de travão carbocerâmicos que ainda prometem colocar o estômago mais perto da boca quando se premir a toda a força o pedal do meio.

 

Também o Audi R8 renovado se lembrou do Quattro

Aquele que é, provavelmente, o automóvel mais mítico da marca dos quatro anéis tem sido inspiração para vários modelos. Um exemplo é o novo Audi A1, que tem um traço agora replicado no Audi R8. Trata-se da pequena divisão entre a nova grelha Singleframe e o capot, tal como acontecia com o ícone. A frente passa a contar também com novas óticas e um splitter mais largo, enquanto na traseira são as formas diferentes das saídas de escape e difusor que se destacam.

Contando com jantes de 20”, existem três packs de equipamento para o Audi R8 renovado. Além disso, surgem na paleta duas novas cores, o azul Ascari e o cinzento Kemora, com nomes que honram circuitos localizados em Espanha e Finlândia. Estão são as principais diferenças no renovado Audi R8, um estupendo desportivo que vai entrar em comercialização já nesta nova fórmula logo no início de 2019. As primeiras entregas aos clientes estão planeadas também para o primeiro trimestre do próximo ano.

Partilhar