Aston Martin honra vitória em Le Mans 59 com bólide de 725cv

Texto: Nuno Fatela
Data: 2 Novembro, 2018

O estupendo DBS Superleggera é o ponto de partida para o Aston Martin DBS 59, que vem honrar o carro que Stirling Moss já disse ter sido “o mais importante de sempre” da marca

A Aston Martin acaba de revelar um modelo que celebra um dos momentos mais altos da sua história no campo desportivo. Falamos da “dobradinha” alcançada, a 20 e 21 de junho de 1959, pela marca de Gaydon nas 24H de Le Mans em 1959, quando o DBR1 da David Brown Racing Aston Martin superou a concorrência da Ferrari, da Porsche e dos Jaguar da Ecurie Ecosse. Agora surge uma edição especial da marca, para honrar o feito assinado por Carrol Shelby e Roy Salvadori, vitoriosos com o carro nº5, e por Maurice Trintignant e Paul Frére, segundos classificados com o carro nº6. Trata-se do Aston Martin DBS 59.

Merece desde logo referência o facto desta ser uma série limitada a 24 unidades, precisamente a quantidade de horas que os DBR1 tiveram de cumprir para vencer a prova gaulesa. Os novos Aston Martin DBS 59 contam com um pequeno logo a branco atrás das rodas dianteiras, sobre o Racing Green, que definir cada exemplar desta edição exclusiva. Este é um dos elementos em destaque na icónica pintura verde, que surge combinada com elementos em fibra de carbono para as molduras das portas, teto e aberturas no capot. A bordo temos uma combinação de peles nas cores preto Obsidian e castanho Chestnut, num estilo para os bancos que é inspirado no DBR1. E nos assentos do Aston Martin DBS 59 existe também um logo específico nos descansos da cabeça.

 

Mas o mais estupendo deste novo carro são os objetos que fazem ligação ao triunfo de 1959. Afinal, existe um compartimento especialmente criado para guardar dois capacetes que são réplicas dos utilizados nessa 27ª edição das 24H de Le Mans, os fatos e ainda as luvas que foram criadas para imitar as que usava Carrol Shelby. Para completar este “ramalhete” de atributos especiais, pode ainda ser encomendada uma cobertura para o carro em Racing Green com o número específico de cada um dos Aston Martin DBS 59.

Na mecânica, nada de novo. O que é muito bom sinal, pois esta série exclusiva foi criada “em cima” dos órgãos do Aston Martin DBS Superleggera. Este carro, tal como o DBR1 (que Stirling Moss disse ser “o mais importante Aston Martin que já foi produzido), é um estupendo bólide. E isso permite ao novo Aston Martin DBS 59 contar com um V12 biturbo de 5,2 litros, que debita 725cv e 900Nm, permitindo acelerações até aos 100km/h em apenas 3,4 segundos. Depois, é só desfrutar da sinfonia deste bloco de doze cilindros enquanto continua a ver o ponteiro da velocidade subir até aos 340 km/h.

 

Relativamente ao preço, é necessário entrar em contacto com o concessionário da Aston Martin em Cambridge, que encomendou esta série especial, para saber os valores. Mas, tendo em conta que o DBS Superleggera já está avaliado em 364.000€, seguramente a fasquia será colocada um patamar ainda mais exclusivo para o Aston Martin DBS 59.

Partilhar