Arrivabene deixa liderança da Ferrari F1

Texto: Nuno Fatela
Data: 8 Janeiro, 2019

Após quatro anos à frente da Scuderia, Maurizio Arrivabene deixa a Ferrari sem conseguir conquistar o Mundial de F1

Ano novo, liderança nova. Esta é uma máxima aplicada pela Ferrari para a temporada de 2019 da F1, tendo sido anunciada a substituição de Maurizio Arrivabene por Mattia Binoto no comando da equipa de F1 do Cavallino Rampante. Com esta decisão, o anterior Diretor de Equipa sai quatro depois de ter assumido o cargo, não tendo conquistado nenhum título mundial ao longo deste período. No entanto, sob a sua batuta registou-se uma melhoria notória na competitividade da ‘squadra’ transalpina durante os dois últimos anos, embora a última época tenha ficado marcada por alguns erros estratégicos. No comunicado publicado pela marca são referidas diferenças na visão dos interesses a longo-prazo de Arrivabene e da Ferrari. Essa terá sido, aparentemente, a razão principal para a mudança na liderança da equipa, agora ocupada pelo anterior Diretor Técnico, Mattia Binoto.