Mobieco

Publicidade

Veja… e desabafe! Amber é o futuro EV russo que promete resgatar o Multipla

Texto: Francisco Cruz
Data: 26 de Dezembro, 2023

Outrora responsável por produzir modelos de marcas ocidentais como a BMW ou a Ford, a fábrica da Avtotor, em Kaliningrado, na Rússia, acaba de conquistar um novo modelo, elétrico, para poder continuar a laborar. E o melhor que se pode dizer é que, olhando para este Amber, o muitas vezes discriminado Fiat Multipla até não parece tão feio quanto isso!…

Proposta desenvolvida pela Universidade Politécnica de Moscovo, enquanto solução para uma indústria automóvel russa que, em resultado da invasão da Ucrânia pela Rússia, viu-se amputada de praticamente todos os modelos de marcas ocidentais que eram produzidos no país, o Amber é uma nova proposta de automóvel 100% elétrico, genuinamente russo.

No entanto e embora para já na fase de protótipo, o modelo deu já origem, segundo avança o site Motor1, a críticas generalizadas, em grande parte, devido ao seu design… “futurista”. Que e ao contrário do poderíamos ser levados a pensar, já não deverá andar muito longe daquela que será a versão final de produção, a qual está prevista iniciar-se em 2025. 

O Amber é um elétrico... estranho
O Amber é um elétrico… estranho

Embora ainda sem especificações conhecidas, a não ser que, tanto os motores, como os demais componentes do sistema de propulsão 100% elétrico, serão desenvolvidos e produzidos na Rússia, há já quem afirme, sobre a carroçaria, que é o resultado da opção por peças já prontas a utilizar e que se encontram disponíveis no mercado russo. 

LEIA TAMBÉM
Rússia faz renascer a Moskvich na fábrica que já foi da Renault

Peças que, segundo as mesmas fontes, terão sido inicialmente concebidas para outros modelos russos, de diferentes marcas, e que, uma vez conjugadas da forma como as imagens deixam antever, tornam este Amber uma coisa ainda mais esquisita à vista, que o muitas vezes apontado Fiat Multipla!

Kamaz também na “corrida”

Recorde-se que, há cerca de três anos, a Kamaz, fabricante russo de camiões, revelou um protótipo de veículo elétrico, fabricado na Rússia, de nome Kama-1. E que, recorda a mesma publicação, além de um design muito mais refinado, tinha na base uma bateria de 33 kWh, que o fabricante garantia ser capaz de proporcionar autonomias na ordem dos 250 km.

O Kamaz Kama-1 ainda aguarda passagem à produção
O Kamaz Kama-1 ainda aguarda passagem à produção

Entretanto e com todos os acontecimentos ocorridos, este modelo continuará, em princípio, à espera da entrada em produção, ainda que, na altura da divulgação, a Kamaz tenha chegado a afirmar que a intenção era que a saída da linha de montagem viesse a acontecer em meados da presente década.