720S Spider é o McLaren descapotável mais eficaz de sempre

Texto: Nuno Fatela
Data: 10 Dezembro, 2018

Demorando apenas 11 segundos a abrir ou encerrar o seu teto eletrocrómico, o McLaren 720S Spider consegue atingir velocidades até 340km/h

Falar de um McLaren descapotável é falar sempre de uma obra-prima da engenharia automóvel, um modelo que combina a liberdade de circular com o sol a raiar sobre a cabeça com uma dinâmica de condução de excepção. Logo, falar do ‘open-top’ mais eficaz de sempre da marca é algo ainda mais impressionante. É mesmo isso que a marca de Woking nos permite agora fazer, ao revelar o novo McLaren 720S Spider, a segunda novidade do plano estratégico Track 2025 e um desportivo que demonstra bem as capacidades do construtor britânico .

A McLaren afirma que este bólide permite “combinar a emoção de andar a céu aberto com a performance dinâmica e sofisticação sem paralelo da gama SuperSeries”. Algo que fica, desde logo, a cargo do bem conhecido V8 4.0 Twinturbo de 720cv e 770Nm, conetado a uma transmissão automática de sete velocidades SSG (modos Comfort, Sport e Track), que permite atingir os 100km/h em 2,9 segundos e superar a barreira dos 200km/h em 7,9 segundos. Depois, o melhor mesmo é continuar a pressionar com todo o entusiasmo o pedal do lado direito, para chegar até aos 325km/h, com a capota aberta, ou até aos 341km/h com a parte superior encerrada.

Será necessário circular abaixo dos 50km/h para poder efetuar a abertura ou o encerramento do teto eletrocrómico em fibra de carbono (com capacidade de mudar entre transparente ou negro). E até neste ponto a McLaren mostra como os seus modelos são rápidos, pois bastam 11 segundos para completar esta operação. Que, segundo a marca, apresenta um nível de som equivalente “ao barulho de fundo numa biblioteca”. Este é um dos exemplos da mestria tecnológica deste novo SuperSeries, mas há muitos outros exemplos, como o facto do McLaren 720S Spider não necessitar de reforços estruturais para lidar com a natureza descapotável. Até porque a própria estrutura Monocage II tem as proteções anticapotamento integradas.

Outra demonstração do talento extremo que a marca tem para a produção automóvel está na diferença, de apenas 49kg, entre os 1332kg do McLaren 720S Spider e os 1283kg do 720S Coupé. Além disso, a marca refere que o peso alcançado se coloca 88kg abaixo do maior rival. O que significa que, mesmo deixar a indicação expressa, o desejo dos britânicos passa por ver o Ferrari 488 Spider apenas pelos retrovisores…

Na criação deste desportivo foi também tido em conta o impacto da sua natureza descapotável na eficácia aerodinâmica e performances. Por isso, os arcos de proteção colocados atrás das portas foram otimizados para oferecer a máxima downforce, além de serem transparentes para aumentar a visibilidade. Para ainda maior estabilidade e eficácia, em todos os momentos de condução, o spoiler traseiro altera o comportamento caso o McLaren 720S Spider esteja com a capota aberta ou encerrada.

 

Este novo McLaren 720S Spider representa o final de doze meses repleto de novidades para a marca, onde se incluem também o Speedtail, o 600LT e o Senna. As primeiras unidades do descapotável mais eficaz de sempre do fabricante de Woking começam a ser entregues aos clientes em março de 2019. Se estiver interessado em ter uma posição bem elevada na lista de espera, basta preparar o cheque com um valor que, para solo britânico, é de 264.500€.

 

Partilhar