Publicidade

7 factos da limusina de Donald Trump

Texto: Francisco Correia
Data: 14 de Março, 2017

Não haja dúvidas de que as limusinas presidenciais são um dos géneros de veículos mais seguros a circular no mundo. Ainda assim, o actual presidente dos Estados Unidos aguarda a chegada do seu novo Cadillac One, conhecido como The Beast uma limusina altamente blindada e com as mais sofisticadas tecnologias de segurança num valor a rondar os 1,4 milhões de euros. Seguem-se 7 informações, ainda não confirmadas oficialmente pelos Serviços Secretos Americanos, que pretendem manter máximo sigilo dada a importância do passageiro que transporta. 

  1. Pneus run-flat reforçados com Kevlar

O Cadillac One chega à estrada com um conjunto de pneumáticos preparados para aguentar o calor de alguma bala disparada ou as perfurações de um tapete de pregos. Se algum dano conseguir, eventualmente, afectar os pneus, as rodas encontram-se reforçadas em aço sob medida, para que a limusina consiga escapar ao perigo iminente no imediato a alta velocidade.

  1. Primeiros socorros

Manter o Presidente com vida é a prioridade do Cadillac One. No interior, poderá existir um abastecimento de sangue Rh Negativo do Presidente para ser utilizado em caso de este se encontrar gravemente ferido e a necessitar de transfusão.

  1. Vidros à prova de balas perfurantes

A limusina Cadillac One tem janelas com vidros reforçados de 5’’ a 6’’ de espessura, resistentes a balas e explosões. Com excepção da janela do condutor que pode ser parcialmente aberta, todos os vidros estão sempre fechados. O vidro frontal, onde está mais visível o condutor, consegue suportar um tiro frontal e a curta distância de uma .44 magnum.

  1. Chassis reforçado

A The Beast é um autêntico tanque quase indestrutível. Tudo devido à sua estrutura e chassis revestido por um molde de aço à medida, que permite proteger os ocupantes de explosões de granadas e de outros engenhos explosivos improvisados que são atirados para baixo do veículo.

  1. Interior especialmente desenhado

O habitáculo do Cadillac One poderá não ter a mesma estética dos interiores dos jactos privados e de outros veículos de Donald Trump, mas contém as mais sofisticadas tecnologias de segurança que podem defender os ocupantes de ataques químicos e biológicos. Para além disso, o interior está equipado com um sistema automático de fecho total do veículo. Os assentos estão concebidos em estilo conferência (2+3+2), estando perto do Presidente uma partição de vidro que só ele pode descer, um ‘botão de pânico’ e um telefone que contacta directamente, por via satélite, o Vice-Presidente e o Pentágono.

  1. Equipamento defensivo

Para evitar a sua visibilidade no exterior, o condutor deste veículo presidencial pode optar conduzir à noite sem ligar os faróis utilizando a tecnologia de visão nocturna. Especula-se que este Cadilac One poderá conter nos seus equipamentos armas de fogo, num dos compartimentos do Presidente, e um lançador de gás lacrimogénio em outra área de armazenamento inferior.

  1. Carroçaria de classe militar

Provavelmente uma das principais características desta limusina. Pensa-se que o Cadillac One esteja blindado por uma combinação de 5’’ de alumínio, titânio e cerâmica. Em adição, as portas podem ter revestimento de 8’’ do mesmo composto de materiais, tendo o mesmo peso de uma porta uma cabina do avião Boeing 757. O depósito de combustível encontra-se igualmente revestido por esta “armadura” e por uma espuma especial que previne a explosão de todo o veículo se este sofrer aí um tiro.

Foto John Lawson, via: Luxury Launches

 

(Fonte: Luxury Launches)