Tesla: entre o camião e o Roadster, eis a pick-up

Texto: Miguel Policarpo

Durante a apresentação do camião, com autonomia estimada de 800 km e prestações anunciadas de fazer inveja a um desportivo, e do Roadster, que promete “esmagar os modelos de combustão”, a Tesla revelou uma novidade não menos entusiasmante: uma gigantesca pick-up.

O esboço da pick-up da Tesla deixa pouca margem para a imaginação, e, na verdade, imaginação teve o fabricante ao projetar este modelo. Trata-se de uma pick-up tão grande que tem capacidade para carregar outra pick-up.

Como é hábito, a Tesla desafia o ortodoxo. Apesar de conseguir carregar outra viatura, Elon Musk parece querer alcançar o impossível, ao revelar que os portadores da carta de condução ‘normal’, nos Estados Unidos da América, estarão habilitados para conduzir o veículo. “É um pouco errado, mas agrada-me”, disse Musk.

Veja a espantosa aceleração do próximo Tesla Roadster

Em relação à motorização, coloca-se a hipótese de a pick-up recursar ao mesmo propulsor que a Tesla utiliza no camião, que, recorde-se tem a capacidade de carregar 40% do total, correspondente a uma autonomia de 320km, em apenas trinta minutos.

Leia também: Chegou o primeiro supercarregador Tesla em Portugal

Partilhar