Range Rover Evoque terá híbrido de Plug-In?

Texto: Miguel Policarpo

Informações apontam para a inclusão de uma versão híbrida de plug-in (PHEV) na nova geração do Range Rover Evoque. Uma das hipóteses é combinar um motor de 1.5 litros e de três cilindros com o sistema elétrico de 48 volts, embora seja igualmente possível a replicação da configuração dos novos Range Rover e Range Rover Sport.

A próxima geração do Range Rover Evoque, a segunda, irá expandir-se com a inclusão de uma versão PHEV (Plug-In Eletric Vehicle), podendo associar um, novo bloco de três cilindros a gasolina com 1.5L e um motor elétrico. Este foi a hipótese avançada pelo meio britânico Autocar, que anuncia ainda a inclusão de um sistema de rede de 48 volts, que abastecerá o pacote de baterias de iões de lítio. Esta configuração foi antevista no protótipo de um Range Rover Evoque micro-híbrido, apresentado em 2015, embora também seja possível pensar numa arquitetura similar à dos novos Range Rover e Range Rover Sport, que nas versões p400e combinam um 2.0L Ingenium de quatro cilindros com um motor elétrico para uma potência de 404CV.

Leia também: Range Rover prepara Velar

Ainda sem data definida para lançamento, o novo Range Rover Evoque é uma das provas da estratégia da marca ter todos as gamas eletrificadas na próxima década. Desenvolvido numa nova plataforma, o próximo Range Rover Evoque manterá na oferta as versões a gasolina e gasóleo, que vão ser mais económicos, com melhor performance e ter as emissões reduzidas. Já para este ano, a marca agendou o lançamento das versões híbridas de Plug-In de outros dois modelos, o Range Rover e do Range Rover Sport, que até já enfrentou nadadores profissionais. Conheça os preços da gama de 2018 do Range Rover Sport.


Nota: fotografias utilizadas no artigo referentes à edição ‘Landmark’ do Range Rover Evoque

 

Partilhar