Mobieco

Renault e Nissan vão partilhar plataforma para elétricos

Texto: Nuno Fatela

Um responsável da marca confirmou que os próximos Zoe e Leaf vão ser desenvolvidos a partir da mesma arquitetura.

Arnaud Deboeuf, Vice-Presidente da Renault-Nissan BV, confirmou que futuramente as duas marcas da aliança franco-nipónica vão partilhar uma plataforma especificamente desenvolvida para veículos elétricos, que será implementada nos modelos Zoe e Leaf. Além desta estrutura-base os modelos também vão utilizar motores elétricos idênticos (embora cada um deles mantenha a sua identidade visual), numa iniciativa que deriva dos esforços do CEO da Renault-Nissan, Carlos Ghosn, para potenciar os benefícios das economias de escala entre as duas marcas. Deboeuf também avançou que futuramente os dois modelos referidos vão competir no mesmo segmento, embora sem indicar se será o Renault Zoe a aumentar as suas dimensões ou se irá ocorrer o contrário com o Nissan Leaf.

O Vice-Presidente da Renault-Nissan BV não indicou ainda qual a data prevista para a implementação desta nova plataforma, embora tenha explicado que esta alteração irá ocorrer após a revelação do restyling para o Leaf, anunciado para 2018. Outro ponto importante, e do qual ainda não existe uma decisão final, prende-se com a origem das baterias, já que atualmente a Nissan fabrica estes componentes enquanto a Renault recorre à LG Chem. Em aberto está a possibilidade da marca nipónica continuar a fabricar estes elementos ou então passar a adquiri-los, como o fabricante gaulês. Esta é uma questão extremamente importante, dada a maior capacidade das baterias utilizadas pela Renault atualmente, que são um dos segredos por trás do recente aumento da autonomia do Zoe para os 400km, numa atualização revelada no Salão de Paris.

Fonte: Automotive News Europe

Partilhar