Primeiro Eagle Spyder GT já está nas estradas

Texto: Nuno Fatela

Esta é a quarta edição especial da empresa que é conhecida como a líder mundial no restauro dos clássicos Jaguar E-Type.

Anunciado na London Classic Car Show de 2016, o fabrico do primeiro exemplar do Eagle Spyder GT foi concluído com sucesso e o modelo já circula nas estradas. Esta é a quarta edição especial do E-Type assinada pela Eagle, conhecida como a líder mundial no restauro deste modelo da Jaguar, e como todas as viaturas produzidas por esta empresa, teve início num clássico britânico a necessitar de ser recuperado. Assim nasceu um belo roadster fabricado à mão que pesa apenas 1029kg, com um monocasco em alumínio e componentes em magnésio, e que sob o capot esconde um motor de 6 cilindros em linha com 4,7L de capacidade e que debita 334CV de potência e 460Nm de binário. Com a transmissão manual de cinco velocidades a enviar a potência para o eixo traseiro com diferencial autoblocante, é anunciado que o Eagle Spyder GT demora menos de 5 segundos a atingir os 100km/h e tem uma velocidade máxima que supera os 270km/h.

Além das excelsas capacidades dinâmicas, este recuperado Jaguar E-Type também se destaca pelo sedutor design, com o exterior a apresentar linhas fluídas numa pintura de um atraente cinzento azulado, enquanto o interior forrado a pele nos transporta para o mundo da aviação. Isto através do recurso a um painel de instrumentos e túnel central forrado a metal. Este é porventura o traço mais espetacular do Eagle Spyder GT, com comandos que recordam os aviões e os mostradores analógicos do combustível, óleo e temperatura, juntamente com o relógio, a transportarem também os ocupantes para o mundo da aeronáutica. Estes quatro mostradores estão divididos por um elemento não menos espetacular, com um singular controlo para acionamento das luzes, como pode ver na fotogaleria. Claro que tanta espetacularidade tem um preço, sendo que no caso do Eagle Spyder GT são 812000€, acrescidos de impostos.