Polestar revela planos para o futuro

Texto: Miguel Policarpo
Data: 9 Fevereiro, 2018

A Polestar ainda prepara a estreia do seu primeiro modelo mas a marca já revelou os planos para o futuro. O fabricante admite o aumento de produção do Polestar 1 e o lançamento de um rival do Tesla Model 3.

No próximo mês a partir do Salão de Genebra, a Polestar vai estrear o seu primeiro modelo, o desportivo híbrido de 600cv. Na antecâmara de apresentação, Thomas Ingenlath, CEO da marca, admitiu a ideia de aumentar a produção do Polestar 1, e garantiu que os próximo modelo, que será 100% elétrico, entrará em competição direta com o Tesla Model 3.

“Estamos a avaliar se podemos aumentar o volume de 500 unidades por ano“, disse Ingenlath ao AutoNews. Temos respeito pelo desafio que enfrentamos, considerando que transpomos a produção em fibra de carbono para a realidade”, adiantou o responsável, ressalvando que o processo se irá desenvolver lentamente. A fábrica em Chengdu, na China, onde será produzido o modelo, estará pronta por volta da segunda metade deste ano.

O próximo capítulo da Polestar será a conceção do segundo e do terceiro modelo, puramente elétricos. O desafio é ombrear com a Tesla. O Polestar 2 será um concorrente direto do Tesla Model 3, pelo que o preço começará a partir dos 40,000€, segundo disse Thomas Ingenlath ao AutoExpress. “Não estamos a dizer que será um destruidor da Tesla, mas estamos cá para competir contra eles no mercado”. Este segundo modelo será revelado na segunda metade do próximo ano e o CEO da marca estima que a produção arranque no início de 2020.

Num prazo mais dilatado, a Polestar prevê o lançamento do terceiro modelo, um SUV “com uma silhueta aerodinâmica”. “Com as gamas do 1, 2 e 3, têm uma ideia do tipo de veículo que procuramos e das várias categorias”, referiu Ingenlath.

Em março estreará ao público a primeira proposta, que tanto promete, da Polestar, mostrando o que esta recém independente marca é capaz de fazer.

 

Partilhar