Peugeot revela alterações no 308

Texto: Miguel Policarpo

A Peugeot atualizou o 308, introduzindo alterações no exterior e o interior com o intuito de manter o sucesso do modelo. No que aos motores diz respeito, a gama HDi antecipa-se à norma de controlo de emissões Euro 6.c.

A grelha frontal redesenhada com o símbolo da Peugeot em grande destaque é o ponto de partida para as alterações estéticas que o fabricante francês implementou no 308. A confluir com a grelha surge o capot cujo novo desenho contribui, também, para a melhoria da aerodinâmica. As entradas de ar aliam um look desportivo a uma eficaz refrigeração do motor, sendo que o pára-choques, robusto e vigoroso, acolhe luzes de nevoeiro e LEDS. As óticas traseiras mantém o caraterístico retoque de 3 ‘garras’, que sublinham a expressividade do 308.

Tecnologias como a assistência Visionpark 1 com câmera traseira de 180º e a função park assist, que mede o espaço de estacionamento e efectua a manobra, equipam um interior que passa a incluir o Peugeot i-Cockpit, um sistema capaz de executar o Mirror Screen – um emparelhamento com os smarthphones compatível com os protocolos MirrorLink, Android Auto e Apple Carplay . Um novo sistema de navegação 3D de resposta rápida e controlo por voz está diretamente ligado ao serviço de monitorização de trânsito em tempo real da TomTom.

As gamas de equipamento variam entre os níveis Acess, Active, Allure, GT Line, GT e GTI, disponíveis na berlina e na SW.

A nível da motorização, o motor Diesel BlueHDI de 180 cv, exclusivo do novo Peugeot 308, terá uma transmissão automática de nova geração EAT8 – desenvolvida em conjunto com os especialistas japoneses da Aisin – uma caixa de 8 relações que inclui o sistema Stop & Start, activo a partir dos 20 km/h.

Entre os motores que equipam o Peugeot 308 destaque para o três cilindros a gasolina, alvo de melhoramentos a nível das emissões e dos consumos, estando equipado com filtro de partículas de gasolina de regeneração passiva.

 

 

 

 

 

 

 

A marca francesa antecipa-se à introdução da norma de controlo de emissões Euro 6.C, que prevê que a partir de Setembro de 2018 as Emissões em Condução Real (Driving Emissions RDE) não podem exceder 2,1 vezes os valores homolgados.

A Peugeot espera reforçar, com estas alterações, o sucesso nas vendas do 308.

 

Partilhar