Os carros mais rápidos dos 0 aos 100km/h

Ficar com as costas coladas ao banco ganha todo um novo sentido quando falamos de superdesportivos, e agora levamos até si a lista com as máquinas que mais rápido fazem o velocímetro passar dos 0 aos 100km/h, todas elas capazes de fazer esta poderosa aceleração em menos de 3 segundos. Esta lista engloba apenas modelos de produção homologados para estradas públicas e que ainda possam ser adquiridos (a troco de uma pequena fortuna, obviamente), motivo pelo qual não figuram sonhos como o atual recordista de Nurburgring, o Porsche 918 Spyder, que demora “apenas” 2,5 segundos a atingir os 100km/. O resultado final é um ranking composto por algumas máquinas bem conhecidas, criações peculiares e algumas surpresas, como poderá comprovar quando descobrir qual o primeiro classificado deste Top-10.

Lamborghini Aventador, Ferrari F12tdf e Porsche 911 Turbo S – 2,9 segundos
São as máquinas mais velozes nesta aceleração de três dos mais prestigiados fabricantes de superdesportivos, e todos eles se destacam por características singulares. Porventura o principal destaque seja o Ferrari, não apenas por ser não contar com a tração integral mas também pela posição do motor, que não está colocado na retaguarda, o que ajuda a empurrar o eixo traseiro contra o asfalto.
Lamborghini Aventador, Ferrari F12tdf e Porsche 911 Turbo S – 2,9 segundos
São as máquinas mais velozes nesta aceleração de três dos mais prestigiados fabricantes de superdesportivos, e todos eles se destacam por características singulares. Porventura o principal destaque seja o Ferrari, não apenas por ser não contar com a tração integral mas também pela posição do motor, que não está colocado na retaguarda, o que ajuda a empurrar o eixo traseiro contra o asfalto.
Lamborghini Aventador, Ferrari F12tdf e Porsche 911 Turbo S – 2,9 segundos
São as máquinas mais velozes nesta aceleração de três dos mais prestigiados fabricantes de superdesportivos, e todos eles se destacam por características singulares. Porventura o principal destaque seja o Ferrari, não apenas por ser não contar com a tração integral mas também pela posição do motor, que não está colocado na retaguarda, o que ajuda a empurrar o eixo traseiro contra o asfalto.
BAC Mono – 2,8 segundos
A marca que anunciou recentemente que vai tentar recuperar o recorde para a volta mais rápida ao traçado de Nurburgring tem no Mono uma verdadeira demonstração de força, com este monolugar a conseguir fazer um tempo de 2,8 segundos para atingir os 100km/h.
Tesla Model S P90D – 2,8 segundos
Com os motores elétricos a enviar a potência para os dois eixos, esta é uma das formas mais silenciosas de ficar a ver os outros automóveis pelo retrovisor, já que são precisos apenas 2,8 segundos para que o ponteiro da velocidade ascenda vertiginosamente até aos 100km/h.
Caterham Seven 620R – 2,79 segundos
A versão mais potente do singular desportivo da Caterham consegue obter o sétimo posto desta tabela, mostrando que o baixo peso é sem dúvida um dos trunfos a utilizar para alcançar uma potente aceleração.
Henessey Venom GT – 2,7 segundos
O modelo que arrebatou ao Bugatti Veyron o recorde para o modelo mais rápido do mundo também se destaca por quase fazer saltar os olhos das órbitas quando se pressiona com toda a força o pedal do lado direito. Juntar aos 2,7 segundos na passagem dos 0 aos 100km/h a uma velocidade de ponta de 435 km/h é sem dúvida suficiente para dar prestigio a uma marca que se destaca também pelas versões mais “apimentadas” de vários modelos de marcas americanas.
Koenigsegg Regera – 2,7 segundos
Surpreendendo todo o mundo, a sueca Koenigsegg levou ao Salão de Genebra de 2015 um superdesportivo híbrido de 1500CV de potência. Como não podia deixar de ser, tanta força debitada com recurso a quatro motores tinha de dar os seus frutos, e como para este ranking o que conta é a capacidade para atingir com a maior rapidez possível os 100km/h, então o Regera é um dos reis deste ranking.
Rimac Concept_One – 2,6 segundos
À beira do Top-3 desta lista fica o Rimac Concept_One, um modelo que foi também apresentado no Salão de Genebra de 2015 e que com os seus elétricos 1088CV de potência e 1600Nm de binário já mostrou em vídeo em ser capaz de superar em aceleração tanto o LaFerrari como o Model S P90D.
Ariel Atom, Tesla Model S P100D – 2,5 segundos
Tão diferentes e tão iguais. Esta expressão pode aplicar-se aos dois modelos que partilham o terceiro lugar deste ranking, já que falamos de um monolugar de 550kg de peso e de uma bem mais pesada berlina que é o topo da gama da marca de veículos elétricos Tesla. Uma demonstração que uma potente aceleração pode ser alcançada de diversas formas…
Ariel Atom, Tesla Model S P100D – 2,5 segundos
Tão diferentes e tão iguais. Esta expressão pode aplicar-se aos dois modelos que partilham o terceiro lugar deste ranking, já que falamos de um monolugar de 550kg de peso e de uma bem mais pesada berlina que é o topo da gama da marca de veículos elétricos Tesla. Uma demonstração que uma potente aceleração pode ser alcançada de diversas formas…
Bugatti Chiron – Menos de 2,5 segundos
Muita tinta correu sobre como seria o sucessor do Veyron até que no último Salão de Genebra a Bugatti apresentou o Chiron. Uma verdadeira obra-prima do mundo automóvel, este superdesportivo esmaga o asfalto com 1500CV de potência extraídos de um motor W16. A marca não indica especificamente qual o tempo exato para atingir os 100km/h, mas garante que não são necessários mais do que dois segundos e meio…
Ultima Evolution Coupé – 2,3 segundos
O “Ultima é sempre o primeiro” pode aplicar-se a esta lista das mais poderosas acelerações do mundo automóvel, pois este superdesportivo que faz uso de um V8 6,8L sobrealimentado com mais de 1000CV consegue superar todos os seus opositores, passando dos 0 às 60 milhas por hora, o equivalente a 98 km/h, em apenas 2,3 segundos. Tendo em conta que a diferença para a aceleração 0-100km/h é de apenas 2km/h, acreditamos que ele continua a merecer o primeiro lugar deste ranking. Nascido como a evolução do Ultima GTR, trata-se de um modelo homologado para estradas públicas, e certamente pensado para aquelas onde será possível encontrar longas retas…

Fonte: Autocar.uk

Partilhar