Jeep confima três novos modelos

Texto: Nuno Fatela

O regresso dos SUVS de grandes dimensões Wagoneer e Grand Wagoneer, juntamente com uma pick-up, são apostas de futuro para a marca americana.

A Jeep anunciou no Salão de Detroit a intenção de reforçar a sua gama com três novos produtos, voltando a confirmar o desenvolvimento de uma pick-up que utilizará a plataforma da próxima geração do Wrangler como base, e também a adição dos Wagoneer e Grand Wagoneer que se colocarão no topo da oferta. Estes modelos, que recuperam a designação de um dos mais históricos SUVS da Jeep, fabricado entre 1963 e 1991, vão ser uma aposta para concorrer nos segmentos premium e pretendem rivalizar em parâmetros como a qualidade dos acabamentos, preço e capacidades off-road com propostas como o Range Rover. O CEO da Fiat-Chrysler (que detém a Jeep), Sergio Marchionne, afirmou no Salão de Detroit que “a expansão da gama Jeep foi e continua a ser um pilar-chave da nossa estratégia”, indicando que o reforço da gama será essencial para projeto de globalização da marca. “Com estes novos produtos vamos chegar a novos públicos, bem como aos que já fazem parte da tradição da Jeep”.

A Jeep vai também investir 950 milhões de euros nas suas fábricas de Toledo e Michigan, Estados Unidos, com vista a aumentar a capacidade produtiva e assim responder à crescente procura de SUVS no mercado mundial. Esta verba servirá para a modernização das instalações e aquisição de novos equipamentos, e ainda para a contratação de 2000 novos funcionários para as unidades de produção da Jeep.

Partilhar