Espírito de equipa é o segredo da Porsche Porto

Nos centros Porsche Porto e Braga cultiva-se todos os dias uma máxima que está na base dos sucessos alcançados: não há triunfos individuais. No fundo, o mesmo espírito que está na origem dos sucessos alcançados pela própria marca

 

As vitórias são fruto do trabalho em equipa

Cada uma das três vitórias alcançadas pela Porsche nas três últimas edições das 24 horas de Le Mans tem uma história especial, que complementa o feito de triunfar naquela é considerada a mais carismática prova do Mundo. Se em 2015 teve o simbolismo de marcar o regresso da Porsche ao lugar mais alto do pódio, numa prova em que a marca possui uma forte tradição, já em 2016 o triunfo conseguido a quatro minutos do fim, quando já pouco acreditavam, não deixou de ter um sabor especial… que se repetiu este ano, em 2017, com a vitoria obtida pelo carro que esteve mais de 20 minutos parado nas boxes e, ainda, assim, cortou a meta na primeira posição.

Comum aos três triunfos, uma ideia expressa numa só palavra: equipa. Fritz Enzenger, o principal responsável pelo projeto LMP1, repetiu a ideia vezes sem conta: só um autêntico e omnipresente espírito de equipa permite ultrapassar todas as adversidades.

No desporto, na gestão, em tudo na vida, não há afinal vitórias singulares – o mais invisível dos intervenientes nas estruturas das equipas tem reservado para si uma quota do mérito dos resultados alcançados.

Nos centros Porsche do Porto e de Braga esta é uma ideia profundamente enraizada; a palavra equipa tem um significado real no dia-a-dia da organização. É o resultado dessa forma de estar e de gerir que está bem refletido nos resultados. Nos recordes de vendas que têm vindo a ser suplantados ano após ano e no sustentado crescimento dos índices de satisfação do cliente. A equipa liderada por Hugo Ribeiro da Silva é isso mesmo: uma equipa, com objetivos comuns e que saboreia em conjunto cada triunfo.

Uma equipa com os mesmos valores que permitiram à Porsche vencer repetidamente em Le Mans e afirmar-se como uma das marcas mais desejadas a nível mundial.

Valores que se cultivam, como aconteceu há dias com a visita de todos os colaboradores dos centros Porsche do Porto e de Braga à fábrica de Zuffenhausen (Estugarda) e ao Museu da Porsche. Tão importante quanto revisitar os ícones da marca foi o espírito de equipa que estes momentos estimulam.

Testemunhos de que o sucesso não nasce do acaso.

Partilhar