Eleanor de 60 Segundos regressa…

Texto: Nuno Fatela
Data: 4 Janeiro, 2018

Este mítico Mustang que era a perdição de ‘Memphis’ Raines (Nicolas Cage) está de regresso através de uma série especial que tem já preço anunciado. Não é barato, mas com o seu intemporal apelo estético, a mítica Eleanor de 60 Segundos vale cada cêntimo do valor pedido…

Parece incrível mas estão já a passar-se dezoito anos desde que, no início do milénio, foi lançado no cinema o mítico 60 Segundos. Esta obra, um remake do filme original de 1974, tornou ainda mais famosos Nicolas Cage, o herói Memphis Raines, e Angelina Jolie. Mas também deu ainda maior notoriedade à intemporal Eleanor, o Shelby Mustang de 1967 que foi a última e mais complicada “dama” de conquistar entre as cinquenta máquinas que era necessário furtar em apenas uma noite. Agora a Eleanor de 60 Segundos está de volta, através de uma série especial.

Tudo começou através de uma conversa entre o responsável da Fusion Motor Company e a co-produtora Denise Halicki (cujo esposo, HB Toby Halicki, criou e entrou na obra original dos anos 70). Foi então anunciado que a empresa americana ganhou o direito a fabricar uma série especial de tributo ao mítico Shelby Mustang, pois o anterior responsável por este modelo tinha construído um carro com vários problemas. O objetivo era deixar a Eleanor de 60 Segundos na melhor forma possível, algo que aparentemente foi alcançado com as muitas alterações.

A base é o Mustang de 1967 ou 1968, mas o processo de fabrico desta série de tributo começa com um verdadeiro strip-tease que deixa o chassis totalmente exposto. Depois começa o trabalho, com a inclusão de novos reforços da estrutura, um kit dianteiro IFS ‘Detroit Speed Aluma”, transmissão multibraço específica, travões WilWood e um eixo traseiro para modelos Ford com assinatura da Currie Enterprises. A bordo desta renascida Eleanor de 60 Segundos encontramos uma coluna da direção exposta, o punho da alavanca da caixa com a expressão “Go-Baby-Go” mas também a possibilidade de enriquecer o estilo com diversos opcionais. Como a conetividade Bluetooth, bacquets da Recaro, instrumentação analógica específica e ainda um sistema de infotainment com navegação GPS. Na nossa opção o melhor é “não mexer para não estragar” este clássico e estupendo visual, mas os proprietários ficam com hipótese de escolha…

 

Relativamente aos motores, eles são fornecidos pela Roush Performance em cinco níveis de potência distintos. Começam com o V8 de 5.0L, que pode oferecer 430cv ou 600cv, mas existe ainda o propulsor de 7.0L capaz de debitar 480cv, 560cv ou 700cv. Eles estarão conectados a transmissões manuais de cinco ou seis relações, a que se junta a opção por uma transmissão automática de seis velocidades. Se já está convencido, agora basta pagar um valor que começa nos 189000$ (157300€) e esperar seis meses para poder estar ao volante de uma espetacular Eleanor de 60 Segundos.

Fonte: CarScoops

Partilhar