Nissan anuncia programa de competição para 2018

Texto: Miguel Policarpo

Entre a estreia na Fórmula E, entrada na competição Super GT GT500 e diversos eventos personalizados, descubra os planos da Nissan na vertente do desporto para 2018.

A Nissan revelou o seu programa no desporto para 2018, destacando-se a estreia na Fórmula E. A quinta edição da competição inclui, também pela primeira vez, um fabricante nipónico na lista de participantes. No que respeita à disputa Super GT classe GT500, a marca será representada por quatro Nissan GT-R Nismo GT500, procurando recuperar os títulos de 2014 e 2015, entretanto perdidos. Sublinha-se outras provas específicas, como é o caso da Super GT GT300 e da Super Taiku no Japão, bem como das corridas de protótipos e as corridas de resistência.

A grande novidade para este ano é, incontornavelmente, a estreia da Nissan na Fórmula E, que marca também a entrada de um fabricante nipónico neste campeonato. No Salão de Genebra, a marca vai apresentar a carroçaria com que participará na competição de emissões 0, no final deste ano. A quinta temporada da Fórmula E terá novos regulamentos, sublinhando-se a inclusão de novas combinações carroçarias, baterias e de propulsores, com o intuito de suprimir a troca de automóveis a meio da corrida. A Nissan procura mostrar em pista as valências da sua tecnologia na mobilidade elétrica, refletidas no Leaf.

Para disputar o campeonato Super GT classe GT500, os nipónicos utilizarão quatro GT-R Nismo GT500. A Nissan procura recuperar os títulos de 2014 e 2015, depois de em 2016 vence cinco de oito corridas e de perder o título da temporada do ano passado apenas por 2 pontos. Tsugio Matsuda e Ronnie Quintarelli, que foram bicampeões no passado, representarão o fabricante ao volante do Nismo No 23, e Setoshi Motoyama e Katsumasa Chiyo são outros dos pilotos ao serviço da Nissan. A versão de 2018 do GT-R Nismo GT500 terá uma aerodinâmica otimizada, motor mais potente e fiável, a fim de acompanhar as aspirações da marca.

Outras competições incluem os campeonatos Super GT classe GT300 e o Super Taikyu no Japão. A Nissan revelará posteriormente detalhes sobre a participação na prova de resistência Blancpain GT Series Endurance Cup, na Europa. Nas corridas de protótipos, os nipónicos serão fornecedores no Campeonato IMSA WeatherTech SportsCar da Extreeme Speed Motorsports – com um motor baseado no  do GT-R GT3 VR38 – e na FIA World Endurance Championship fornecerão a equipa ByKolles Racing, com o motor V6 de 3.0l turbo VRX30A.

“Todos nós na Nissan e na Nismo estão muito ansiosos para o futuro deste ano”, disse Michael Carcamo, Diretor Global da Nissan Motorsport. “A Fórmula E é uma nova oportunidade para a Nissan e procuramos combinar a experiência da marca como líder no mercado da mobilidade elétrica na estrada – transportando esses conhecimentos para os circuitos”, conclui o responsável.

Será um ano de apostas no desporto motorizado da Nissan, procurando o fabricante mostrar, entre outras aspirações, os avançados conhecimentos na mobilidade elétrica.

Partilhar