Confirma-se: este é o novo Mercedes-Maybach 6 Cabriolet

Texto: Miguel Policarpo

A Mercedes tinha publicado um teaser de um concept que se presumia ser do novo Mercedes-Maybach 6 cabriolet, a apresentar em Pebble Beach. E as previsões estavam certas: trata-se do novo Mercedes-Maybach 6 Cabriolet, uma riqueza assente em quatro rodas.

Apresentado no Concurso de Elegância de Pebble Beach, na Califórnia, a Mercedes levantou o véu do Mercedes-Maybach 6 Cabriolet, uma materialização do luxo, futurista e elegante. E de emissões zero.

O longo capô que ostenta o símbolo da Mercedes termina numa grelha de extensas dimensões, apresentando uma dianteira poderosa e inconfundível. Trata-se de o Mercedes-Maybach 6 Cabriolet, com caraterísticas únicas e marcantes. Essa frente completa-se com umas óticas também exclusivas e uma pára-brisas reduzido.

O design singular estende-se à restante carroçaria. A traseira é quase tão extensa quanto o capô, invocando traços de um iate, acompanhada por uma secção em aluminío que atravessa a zona das embaladeiras. Uma secção interrompida pelas gigantescas jantes, de 24”, que sobressaem, tal como a grelha frontal, tornando o descapotável mais possante: afinal é um modelo com quase 6 metros de comprimento (fixando-se nos 5,7m).

O habitáculo? classificá-lo como único seria uma redundância, ao observar as fotografias. O requintado interior foi preparado até ao mais ínfimo pormenor, realçando-se o painel iluminado que emerge confortavelmente os ocupantes – numa lotação para duas pessoas – que a marca classificou como “salão com vista de 360º” e o túnel central que incorpora um painel transparente que possibilita a visualização da corrente do sistema elétrico, construído por material de fibra óptica: um cenário que também é observável no painel que circunda todo o interior.


Leia também: Mercedes confirma SUV Maybach


A pele é o principal revestimento de todo o interior do Mercedes-Maybach 6 Cabriolet, incluindo no volante, composto simultaneamente por um traçado mais tradicional sem descurar o aspeto futurista e minimalista, a que se juntam as patilhas das mudanças. O quadrante resume-se a três mostradores e três é também o número de saídas de ventilação. E não há tapetes, os passageiros assentam os pés num revestimento aparentemente de madeira escura e com detalhes a cromado, encontrados igualmente noutras partes do interior. Uma curiosidade emerge no modelo: o retrovisor interior foi suprimido, provavelmente substituído por um meio tecnológico.

Quatro propulsores elétricos funcionam como o motor do automóvel, capazes de debitar potências na ordem dos 750 cv, possibilitando uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em menos de 4 segundos e de percorrer 500 quilómetros por cada carregamento. A velocidade máxima estará limita a 250 km/h.

Assista ao vídeo do Mercedes-Maybach 6 Cabriolet:

Partilhar