“C” de Conforto para a Citröen

Texto: Ricardo Machado

Descubra os segredos da nova suspensão desenvolvida pela Citroën..

 

 

Sinónimo de conforto desde meados do século passado, a Citroën propôs-se reinventar o tema que lhe é tão familiar. Para o conseguir criou um departamento específico para estudar o conceito de conforto. Na falta de uma conclusão definitiva, há simplesmente demasiadas variáveis, concentrou-se num campo que conhece bem, a suspensão. Mais concretamente, os amortecedores.

 

Para evitar o ressalto caraterístico dos batentes mecânicos dos amortecedores convencionais, a Citroën desenvolveu dois batentes hidráulicos. Trabalham no interior do cilindro para controlar de forma independente a expansão e a compressão. Ao contrário dos batentes mecânicos que não absorvem toda a energia, devolvendo alguma na forma de ressalto, os batentes hidráulicos dissipam essa mesma energia.

 

Para já, esta nova tecnologia trabalha apenas num laboratório móvel com a forma de um C4 Cactus, mas foi pensada para abranger toda a gama Citroën. Aos amortecedores de batentes hidráulicos juntam-se a colagem estrutural da carroçaria por traços e bancos com espuma de colchão. São mesmo tão confortáveis como parecem.

Partilhar