Mobieco

Publicidade

Carocha pode tornar-se elétrico de tração traseira

Texto: Nuno Fatela
Data: 10 de Novembro, 2017

Uma das estratégias que a VW poderá utilizar para seduzir os clientes para a mobilidade elétrica passa por apelar ao coração com concepts marcadamente emocionais, um plano que o Beetle integraria na perfeição.

Quando pensamos em automóveis emblemáticos na história da Volkswagen que apelam ao lado emocional, surgem imediatamente na primeira linha dois modelos: o “carocha” Beetle e a “Pão de Forma” Transporter. Após ter já apresentado em Detroit o ID Buzz (das fotos abaixo), que anuncia a introdução de uma versão elétrica do mítico furgão, informações agora difundidas pela Autocar indicam que também o simpático carocha poderá seguir a mesma opção. Ambos os modelos seriam desenvolvidos com base na nova plataforma para veículos elétricos MEB, cuja versatilidade permite inúmeras configurações.

Se for dado o OK para o projeto, um VW Beetle elétrico deve surgir com tração traseira, uma forma de evocar o modelo original de 1939, que tinha motor e tração na retaguarda. Esta opção seria uma forma de reforçar ainda mais o lado emocional, uma das estratégias que o fabricante germânico pondera utilizar para convencer os clientes a apostar na mobilidade elétrica. Inserem-se nesse plano o Carocha e a Pão de Forma, pela identificação que os automobilistas sentem com estes modelos, introduzindo o fator sentimental no momento da escolha, e assim aumentando o apelo dos modelos de emissões 0.

 

Fonte: Autocar