Camionista Putin inaugura maior ponte da Europa

Texto: Nuno Fatela
Data: 16 Maio, 2018

O versátil Presidente russo, que tanto está de fato em reuniões de importância para o futuro mundial como aparece em tronco nu a caçar na Sibéria, teve agora mais um momento alto. Foi o camionista Putin que inaugurou uma ponte rumo à anexada Crimeia, que será a maior de todo o continente.

Vladimir Putin é um multifacetado homem cujos talentos não param de surpreender. Agora ficamos a saber que conduzir veículos pesados é mais uma das suas habilidades. O caso até poderia passar despercebido, não fosse o caso do camionista Putin ter feito esta ação de forma a inaugurar a maior ponte da Europa, que custou mais de três mil milhões de euros, rumo à anexada Crimeia. Esta nova passagem, através do Estreito de Kerch, tem 19 quilómetros de extensão, e significa uma nova passagem direta da Rússia para o território que anexou em 2014.

E para os que pensem que esta pode ter sido uma demonstração ilegal, o responsável de comunicação do presidente russo já veio afirmar que ele não fez nada para que não estivesse habilitado, pois tem licença para guiar veículos pesados. No entanto, como não podia deixar de ser, a situação está envolta em polémica. O Presidente ucraniano, Petro Poroshenko, afirmou tratar-se de mais um exemplo do desrespeito da Rússia pelo Direito Internacional, enquanto a União Europeia afirmou tratar-se de uma violação da soberania e integridade territorial da Ucrânia. Também dos Estados Unidos vieram críticas. Já do outro lado da cortina ouviram-se elogios ao líder russo, com o responsável de comunicação do Kremlin, Dmitry Peskov, a dizer que “Putin iniciou ele mesmo o projeto. Muitos não acreditaram que seria possível concretizar estes planos”.

 

Partilhar