O seu carro pode ser invadido brevemente por anúncios. Saiba porquê.

Texto: Miguel Policarpo
Data: 11 Janeiro, 2018

O próximo alvo das campanhas de publicidade pode ser o ecrã de infoentretenimento do seu automóvel. Esta realidade está a ser estudada por uma empresa e já há colaborações com alguns fabricantes…

A transmissão de anúncios no ecrã de infoentretenimento dos automóveis é um tema que a Telenav, empresa de Santa Clara, Califórnia, explora e a companhia já colabora com fabricantes como a Ford, a General Motors, a Lexus e a Toyota. Esta será uma “plataforma de anúncios no carro” – estudada para veículos com ligação à internet.

Este projeto prevê que os anúncios seja transmitidos diretamente para o carro, obrigando os proprietários a pagar mais pelos serviços conectados se decidirem recusar os anúncios. Por questões de segurança, as transmissões serão feitas quando o condutor liga o carro e durante as paragens em semáforos – posteriormente, com a adoção da plena condução autónoma, os anúncios serão amplamente emitidos.

“Esta hipótese ajuda os fabricantes a suportar os custos relacionados com os serviços de conectividade, como a transmissão de dados por wireless, os conteúdos, o software e os serviços em nuvem”, referiu um porta-voz da Telenav. O responsável antevê vantagens dos anúncios no ecrã de infoentretenimento também para os consumidores: “ao aceitar os anúncios nos veículos, os condutores beneficiam dos serviços de conectividade sem custos de subscrição”.

A Telenav sublinha que os anúncios serão “relevantes,como cupões e recomendações serão transmitidas aos clientes baseando na informação recolhida do veículo, incluindo os caminhos frequentemente escolhidos, os destinos e a altura do dia” . A empresa dá como exemplo “a possibilidade dos condutores serem encorajados a recolher uma pizza com desconto a caminho de casa ou de serem alterados sobre promoções das lojas próximas do destino. Quando o veículo tiver pouco combustível, a plataforma mostrará postos de gasolina próximos, potencialmente com ofertas de desconto”.

Animados ou estáticos, a Telenav revela que os anúncios no ecrã de infoentretenimento não serão acompanhados por áudio.


Fonte: SiliconBeat

Partilhar