Mobieco

40% dos condutores consideram elétrico nos próximos 5 anos

Texto: Miguel Policarpo

Segundo uma sondagem da Dalia Research, 40% dos condutores ponderam a aquisição de um veículo elétrico nos próximos 5 anos. No nosso país a percentagem é de 38%

De acordo com a sondagem internacional – que compilou as respostas de 43,000 condutores em 52 países diferentes – produzida pela Dalia Research, empresa alemã dedicada a pesquisas e ao tratamento de dados estatísticos, 40% dos inquiridos ponderam a aquisição de um veículo elétrico nos próximos 5 anos.

Em Portugal, os dados revelam que 38% dos condutores colocam a hipótese de adquirir um elétrico no referido período temporal, num país que, segundo as informações divulgadas pela Dalia Research, apenas 27% da população utiliza transportes públicos e 19% faz recurso às novas tecnologias, como por exemplo aplicações para solicitar o serviço de taxi ou Uber.

Fotogaleria referente ao comparativo da Turbo “Elétricos à prova”

Entre outros dados, a sondagem demonstra no nosso país a Tesla é o fabricante mais conhecido no que respeita aos veículos elétricos, sendo a resposta de 34% dos inquiridos sobre quais são as marcas que que comercializam veículos elétricos, ilustrando a eficácia das investidas da marca, como recentemente pelo lançamento do Model 3. Segue-se a BMW, com 31%, que prepara a adopção da linha M para os veículos elétricos para entusiasmar os fãs da performance da marca da baviera, e a Toyota a completar o pódio, com 21% das referências, os japoneses que já criaram, inclusivamente, uma divisão específica dedicada aos veículos elétricos. O estudo indica que o preço médio que os portugueses estão dispostos a pagar para adquirir um elétrico é de 20,675€.

No panorama mundial destaca-se a Tailândia como o país onde os inquiridos revelam a maior vontade em adquirir um veículo de emissões 0 nos próximos 5 anos, com uma percentagem de 66%. Na China, um país com problemas crónicos de poluição atmosférica, os resultados fixam-se nos 58% e, na América do Norte, a sondagem demonstra que no Canadá e nos Estados-Unidos as intenções em avançar para um veículo amigo do ambiente são de 31%, nos dois países. Recorde-se que, para cumprir as metas estabelecidas no Acordo de Paris, são necessários 600 milhões de elétricos até 2040.

Conheça o estudo na integra aqui.

Partilhar